logo-ge

As cinco questões mais difíceis do segundo dia do Enem 2017

Questões eram mais trabalhosas ou exigiam conhecimento pouco comum nos vestibulares

Os professores do SAS Plataforma de Educação listaram as cinco questões mais difíceis da segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que aconteceu neste domingo (12). Os estudantes responderam a 45 questões de matemática e outras 45 de ciências da natureza (que inclui física, química e biologia).

Veja as mais difíceis e depois consulte a correção neste link.

(Enem/Reprodução)

Segundo o professor Flávio Landim, a questão acima abordou o fenômeno de mosaicismo relacionado à formação de cromatina sexual em mulheres, o que é um caso bem particular de genética.

(Enem/Reprodução)

A questão acima traz o assunto eletroquímica e objeto do conhecimento associação de pilhas. Para o professor Michel Henri, tem um nível bastante elevado e exige do aluno conhecimentos muito específicos e de alta dificuldade, exigindo muito tempo para a resolução.

 

(Enem/Reprodução)

 

(Enem/Reprodução)

As duas questões acima não possuem um comando claro e oferecem aos alunos um grau de dificuldade maior, para o professor Vasco Vasconcelos. Também deixam margem para mais de um raciocínio, o que, com o tempo exíguo de prova, dificulta muito.

(Enem/Reprodução)

De acordo com o professor Alfredo Castelo, a questão acima se mostrou um pouco trabalhosa, além de exigir que o candidato soubesse trabalhar com inadequação logarítmica e algumas propriedades dos logaritmos. Ela ainda apresentava alguns cálculos com números decimais que podem ter feito o aluno perder tempo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ana Luzia Souza Silva

    Prova amarela questão 125 E Motorista desatento em 1s velocidade inicial 14 m/s aceleração 1m/s^2 deslocamento 14,5 m velocidade final 15 m/s depois começa a freiar até parar onde o deslocamento = 15^2/2 5=22,5 m total do deslocamento =14,5+22,5= 37 m , equanto isso, o motorista atento deslocou -se até parar com aceleracao 5m/s^2 delocamento =14^2/2.5 =19,6 m, logo o motorista desatento percorre a mais 37 -19,6= 17,4 m

    Curtir