Assine com até 65% de desconto

Enem 2012 transcorreu sem falhas e incidentes graves, afirma ministro

Mais de meio milhão de pessoas trabalharam na logística do exame

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h59 - Publicado em 5 nov 2012, 14h16

Após os dois dias de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, fez um balanço positivo do exame. De acordo com o ministro, o Enem transcorreu sem incidentes graves, nos últimos dias 3 e 4.

– Confira a correção completa e comentada do Enem 2012

– Mais de 60 candidatos são eliminados do Enem por postar imagens nas redes sociais durante a prova

– #AprendiNoEnem: No Twitter, candidatos postam as lições que aprenderam com o Enem 2012

Continua após a publicidade

“Houve monitoramento nos dois dias e conseguimos responder a todas as situações em tempo real”, justifica. De acordo com dados preliminares do MEC e do Inep, 4,17 milhões de candidatos fizeram as provas este ano. Este ano o Enem teve recorde de inscritos, mais de 5,7 milhões de estudantes.

Segundo Mercadante, “a operação logística do exame é bastante complexa”. Mais de 566.617 pessoas trabalharam na realização do exame em 15.076 locais de prova de 1.615 municípios. A organização do Enem de 2012 ainda contou com o apoio do Ministério de Minas e Energia, que fez um monitoramento em todas as regiões para prevenir eventuais quedas de energia elétrica. Apesar disso, alguns locais de prova ficaram sem eletricidade, como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que permaneceu mais de 20 minutos sem luz em alguns prédios do campus Pampulha.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular

– Saiba tudo sobre o Enem

Continua após a publicidade
Publicidade