Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Fatos marcantes da história do Enem

Conheça a história do exame mais importante do Brasil

Por Juliana Morales Atualizado em 7 jul 2021, 19h15 - Publicado em 7 jul 2021, 16h49

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a principal forma de ingresso ao ensino superior. Desde 2009, ele passou a ser usado para a entrada em instituições de ensino superior públicas. A seguir mostramos alguns marcos importantes do exame.

1998 – Criação

A primeira edição do Enem contou com 115.575 participantes. A nota só podia ser usada em duas instituições de educação superior. No primeiro momento, a prova serviu mais como uma espécie de autoavaliação do aluno.

 

Continua após a publicidade

2000 – Junção polêmica

Algumas universidades começaram a usar a nota do Enem como complemento nos seus vestibulares. Como a pontuação no exame era somada ao desempenho no vestibular da faculdade, a nota final do estudante tinha um aumento.  

 

Continua após a publicidade

2001 – Isenção

O MEC começou a conceder isenção da taxa de inscrição aos estudantes da rede pública. Isso resultou em um aumento significativo do número de inscritos na prova. No ano seguinte, o Enem registrou 1.829.170 inscritos.

 

Continua após a publicidade

2004 – ProUni

O recém-criado Programa Universidade para Todos começou a usar a nota do Enem para concessão de bolsas de estudos integrais e parciais aos participantes.

 

Continua após a publicidade

2009  – Novo Enem 

Com a criação do Sistema de Seleção Unificada  (Sisu), o Enem muda para o formato usado até hoje (180 questões e uma redação), com objetivo de substituir o vestibular das federais. Mas a edição acaba sendo marcada pelo vazamento da prova, que precisou ser cancelada e remarcada para dois meses depois do escândalo. 

 

Continua após a publicidade

2010 – Fies

Os resultados do Enem passam a ser adotados pelo  Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, nesse ano o Inep começou a coletar dados sobre deficiência ou condição especial dos inscritos. 

 

Continua após a publicidade

2020 – Enem Digital 

Aconteceu a primeira edição da modalidade digital do exame. O exame-piloto teve 96 mil candidatos inscritos, mas a abstenção chegou a 68%. O MEC prevê que a aplicação do Enem se torne 100% digital até 2026.  

  • Continua após a publicidade
    Publicidade