Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Veja como estudar a 30 dias do Enem

Edição de 2011 acontece em 22 e 23 de outubro em todo o país

Por GUILHERME DEARO Atualizado em 16 Maio 2017, 13h37 - Publicado em 22 set 2011, 17h47

Daqui a exatos 30 dias começa a edição 2011 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com um recorde de inscritos: 5,4 milhões. Desde que passou a ser usada como critério de seleção de diversas universidades, além de ser requisito para programas como o Sisu e o Prouni, a prova se tornou o maior vestibular do país.

Faltando um mês para o exame, como se preparar? Ainda dá tempo de aprender coisas novas ou o ideal é revisar todos os conteúdos?

Para o professor Fábio Machado Bueno, professor de química do Cursinho do XI, de São Paulo, o melhor é focar o estudo na revisão das coisas mais importantes. “Como falta pouco tempo, é melhor focar o conteúdo geral, não em coisas muito específicas. Tentar aprender algo novo a essa altura pode aumentar o nervosismo e a pressão”, aconselha.

Já a professora Vivian D’Angelo, que dá aulas de interpretação de texto e gramática no Cursinho do XI, lembra que treinar a leitura é essencial para o Enem, tanto para escrever melhor a redação quanto para se acostumar com o formato da prova. “O Enem tem muito textos nos enunciados, as principais informações e até mesmo as respostas estão ali. É importante treinar lendo revistais, jornais e livros”, diz.

Prova longa
O tamanho dos textos e das questões, aliás, é uma das características mais marcantes da prova. Ler com calma todos os textos é um dos conselhos de Alexandre Yip, aluno do 1º ano de Engenharia Mecatrônica da Poli-USP.

Alexandre se formou em 2010 no Colégio Vértice, melhor colégio de São Paulo no Enem 2010 e 3º melhor do país (em 2009 foi o primeiro colocado do Brasil). Ele conta que a preparação para o Enem não é diferente da feita para os outros vestibulares, mas é preciso se concentrar na leitura. “Recomendo mais paciência para ler os textos, que são muitos e grandes. Ali estão informações preciosas”, diz.

Gabriela Furukawa, que também se formou em 2010 no Vértice e hoje cursa Biologia na USP, acredita que, faltando 30 dias para a prova, os candidatos precisam controlar o nervosismo e evitar correr com o conteúdo. “O Enem é fisicamente desgastante, são dois dias longos de prova. É preciso estar descansado, evitar estudar um ou dois dias antes da prova. Levar água e comida para o exame também ajuda muito”, aconselha.

– Confira como 167 faculdades públicas vão utilizar o Enem

– Enem pode ter menos questões no futuro, diz presidente do Inep

O GUIA DO ESTUDANTE conversou com três professores que dão aulas especiais de preparação para o Enem, para que indiquem os conteúdos mais importantes e que merecem atenção especial a 30 dias da prova. Confira:

Conteúdo

Fique de olho

Ciências da Natureza e Matemática

 

Matemática

 – Revise funções, regra de 3 (simples e composta), geometria (plana e espacial) e interpretação de gráficos e tabelas.

 – Em gráficos, é importante reconhecer quando é de uma função de segundo grau, exponencial ou logarítmica.

Física

 – Repasse o conteúdo de cinemática (velocidade, aceleração) e calorimetria (escalas, capacidade térmica)

Continua após a publicidade

Química
 – Fique atento nos cálculos de reações químicas, no cálculo estequiométrico e na separação de misturas.

Biologia

 – De Ecologia, revise cadeias alimentares, ecossistemas, troca de energia, reciclagem e efeitos do homem na natureza.

 – Na parte de fisiologia humana, revise os processos de respiração, nutrição, digestão e obtenção de energia.

 – Questões atuais sobre meio ambiente e aquecimento global também devem cair, assim como temas de evolução e seleção natural.

 

 

Ciências Humanas, Linguagens e Redação

 

Ciências Humanas e Linguagens

 – As questões são tiradas do dia a dia e, na maioria, são interpretativas. Ler bastante ajuda a estar por dentro dos principais fatos do Brasil e do mundo.

 – Em gramática, não se pede nada muito específico. A questão da variação linguística (normal culta e coloquial) é a mais importante.

Redação

 – É importante ler jornais e revistas para se manter atualizado. Crise financeira e corrupção no governo Dilma podem ser temas. Além disso, a prova sempre pede para que o aluno reflita sobre o “problema” apresentado e propunha soluções.

 

Fontes: Fábio Machado Bueno, professor de química; Vivian D’Angelo, professora de interpretação de texto e gramática; e TJ, professor de Biologia. Todos são professores do Cursinho do XI, de São Paulo.

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibulares e Enem

Continua após a publicidade

Publicidade