Clique e assine GE Play por R$16,90

7 filmes para os apaixonados por Filosofia

Estas obras despertam uma série de reflexões que farão você questionar ideias e a maneira de enxergar o mundo. Só tem filmão!

Por Julia Di Spagna - 3 abr 2020, 20h10

O filósofo tem a função de investigar e questionar a essência e a natureza do Universo, do homem e de fatos, por meio de análises, reflexões e críticas. Além disso, ele busca a compreensão teórica de conceitos, como os de espaço, tempo e verdade.

Mesmo não tendo cursado Filosofia, se essa área te interessa vale a pena conferir a lista que separamos. São sete filmes que despertam uma série de reflexões e questionamentos sobre a vida, sobre a realidade e que poderão fazer você enxergar o mundo de uma maneira diferente. Além disso, algumas obras poderão fazer você quebrar a cabeça para entender o que aconteceu. Veja abaixo:

Matrix 

Netflix/Divulgação

Thomas Anderson é um jovem programador que começa a ter pesadelos em que seu corpo é conectado a um computador. Assustado, ele sempre acorda no momento em que os eletrodos seriam implantados em seu cérebro.

Com o tempo, ele descobre a “Matrix”, um sistema de computador que manipula a mente das pessoas e forja uma falsa realidade, enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia. Ele é recrutado por Morpheus e Trinity para lutar contra esse mundo artificial e voltarem para realidade. 

Disponível aqui.

A Origem

Netflix/Divulgação

Don Cobb é um ladrão que consegue invadir os sonhos de suas vítimas, pois é nesse momento que a mente está mais vulnerável. Com isso, ele descobre os segredos guardados no subconsciente das pessoas e usa isso a seu favor. Ele decide então aceitar a missão de invadir a mente de um herdeiro japonês e plantar uma ideia em sua mente.  

Disponível aqui.

O Show de Truman 

Divulgação/Divulgação

Truman é um homem que leva uma vida simples e seus dias são sempre iguais. Com o tempo, ele começa a desconfiar que algo está errado no seu cotidiano. 

Continua após a publicidade

Sua vida é, na verdade, monitorada por câmeras para um programa de televisão assistido por zilhões de pessoas que olham para aquilo como uma forma de entretenimento. A obra questiona tanto a atitude do produtor da história quanto a do público, que não problematiza a situação.

Disponível aqui.

Muito Além do Jardim

O filme conta a história de um jardineiro que nunca havia saído da casa de seu patrão e só conhecia o mundo que era apresentado na televisão. Quando o dono da casa morre, ele precisa sair de lá e passa a descobrir a verdadeira Nova York. 

Inteligência Artificial

Divulgação/Divulgação

Em Inteligência Artificial, David é um robô adotado por um casal. Sua maior característica, e grande diferença de outros robôs, é que ele foi programado para amar e ser amado. Mas ele não conquista a aceitação total dos humanos e passa a entender melhor seu universo a partir da convivência com seus semelhantes. Com o tempo, ele vai construindo sua identidade e o filme gera uma série de reflexões sobre esse processo.

Disponível aqui.

A Vila 

Divulgação/Divulgação

O filme mostra uma comunidade que vive no meio de um bosque sem contato com o mundo externo, pois, segundo uma lenda, o entorno da vila é ocupado por seres monstruosos. A partir disso, os moradores mais velhos teriam feito um acordo com esses seres de respeitarem os limites geográficos e todos viverem pacificamente. O problema e as descobertas por trás dessa história começam quando um garoto precisa de ajuda médica e remédios, mas não pode sair da comunidade.

Disponível aqui.

Sociedade dos Poetas Mortos

No filme Sociedade dos Poetas Mortos, o professor John Keating passa a lecionar em uma tradicional escola americana apenas para garotos e começa então a despertar o interesse dos alunos em poesia. Seu principal objetivo se torna incentivá-los a ter pensamentos críticos, ajudá-los a desenvolver uma postura autônoma e enxergar o mundo de um ponto de vista diferente. 

Disponível aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade