Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Avança no Senado o projeto de bônus para professor que melhorar indicador de ensino

Projeto prevê 14º salário para professor que aumentar Ideb de escola

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h49 - Publicado em 8 jun 2010, 17h16

da redação

Avançou no Senado o projeto que prevê pagamento de 14º salário a professores da rede pública que elevem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de suas escolas. Nesta quarta-feira (8), a proposta foi aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos.

O Ideb é um indicador criado em 2005 para medir a qualidade do ensino das escolas públicas. Ele se baseia na nota dos estudantes na Prova Brasil e nos índices de reprovação.

– O que você acha de seus professores? Vote

A média nacional, em 2007, era de 4,2 numa escala de 0 a 10. A meta do Ministério da Educação é que o país atinja 6 até 2022.

Continua após a publicidade

– Consulte o Ideb de qualquer escola pública brasileira

Segundo o projeto, o bônus seria pago também a professores que trabalhem em escolas com média 6 no Ideb. O projeto é de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF).

“Se apenas 1% das redes escolares municipais têm nota acima de seis e nenhuma rede estadual consegue essa pontuação, é provável que serão poucos os docentes [que receberão o bônus]”, disse o relator da comissão, senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

O projeto segue, agora, para a Comissão de Assuntos Sociais. As informações são da Agência Brasil.

VEJA TAMBÉM
– ‘Enem’ para professor:  já em 2011
– Para pesquisador, aluno não aprende Matemática porque professor não sabe
– Notícias de vestibular

Continua após a publicidade
Publicidade