Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Distanciamento social não impede você de incentivar os amigos

Com o isolamento social devido à pandemia fica mais difícil dar aquele empurrãozinho nos estudos dos seus amigos. Veja 5 dicas para tentar reverter isso

Por Julia Di Spagna Atualizado em 6 dez 2020, 11h58 - Publicado em 2 jul 2020, 17h54

Seja na escola ou no cursinho, algo que ajuda a manter a motivação e continuar estudando é o apoio de quem está vivendo esse momento com você. Os amigos que também estão prestando vestibular podem ser ótimos aliados na hora dos estudos, para ajudar com dúvidas e para relaxar de vez em quando, fazendo o dia a dia render mais.

Mas, por causa da quarentena, ficou mais difícil manter o mesmo contato e é normal sentir falta da rotina que tinha com seus amigos por perto. E, somado a uma série de outros fatores, isso pode acabar afetando seus estudos ou o dos seus amigos.

Por isso, conversamos com Cláudio Falcão, diretor do Sistema de Ensino pH, e Edvaldo Lopes, coordenador pedagógico do Colégio Oficina do Estudante, de Campinas (SP), e separamos algumas dicas para incentivar seus amigos, mesmo a distância.

Segundo Lopes, diferentemente da geração que não cresceu com as redes sociais, de modo geral, os adolescentes estão mais familiarizados com as ferramentas e os códigos dos contatos virtuais e, por isso, não encontraram grande resistência ao contato remoto. “O que traz mais angústia nesse momento são as incertezas sobre os próximos encontros”, diz. 

  •  

    Para amenizar a distância, a principal ferramenta é a tecnologia. Você pode marcar encontros virtuais frequentes, com amigos que também estão na mesma sala ou se preparando para o mesmo exame, por exemplo, e organizar uma conversa por videochamada para conversar e estudar.

    Continua após a publicidade

    Falcão ressalta que outra forma de manter esse vínculo é marcar seus amigos em publicações nas redes sociais, artigos e quaisquer conteúdos digitais que você goste. “É muito importante que haja o encontro virtual com câmera aberta e o contato com os amigos nesse tempo não deve parar”, diz o especialista. 

    Organize-se

    Crie um horário, uma agenda fixa de encontros virtuais para poder conversar e estudar com seus amigos.

    Relaxe um pouco

    Separe parte do tempo desse encontro para falar de amenidades, compartilhando experiências, alegrias e tristezas. É importante desabafar com alguém que esteja passando pelo mesmo desafio que você, ainda mais nesse momento que estamos vivendo.

    Muito foco

    Em relação à parte de estudos, cada encontro deve ter um foco. Defina os temas que serão estudados previamente. Quanto melhor for definido o foco de estudo do encontro, mais produtivo ele será. Confira aqui mais dicas fazer o estudo render com seus amigos.

    Saiba ouvir

    Respeite o momento de fala do amigo. No meio virtual, perdemos algumas expressões corporais e o atraso na conexão pode gerar ruídos na comunicação, então saiba fazer pausas e deixar seus amigos falarem também. Lembre-se que os dois precisam de apoio. 

    Prioridades

    Separe um tempo para se dedicar ao encontro e respeite ao máximo o tempo estabelecido para a conversa. Tente não apressar a conversa ou desmarcar várias vezes. 

    Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade