Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Funções orgânicas com Oxigênio

Um dos grupos mais importantes funções orgânicas é aquele que contém oxigênio em sua composição química. 1. Álcoois – são compostos que possuem o radical hidroxila (-OH) ligado a um carbono saturado. Seu sufixo é ol. R-OH → grupo funcional Obs.: Carbono saturado é aquele que possui somente ligações simples, note que o radical hidroxila […]

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h52 - Publicado em 15 fev 2012, 23h43

Um dos grupos mais importantes funções orgânicas é aquele que contém oxigênio em sua composição química.

1. Álcoois – são compostos que possuem o radical hidroxila (-OH) ligado a um carbono saturado. Seu sufixo é ol.

R-OH → grupo funcional

Obs.: Carbono saturado é aquele que possui somente ligações simples, note que o radical hidroxila deve ser ligado a um carbono saturado, mas outros carbonos da cadeia podem ser insaturados (ligações duplas ou triplas). 

Classificação segundo o número de hidroxilas – em uma mesma cadeia pode haver um, dois ou mais radicais hidroxilas. Segundo esse critério, são classificados de monoácool, diálcool e poliálcool.

Classificação dos monoálcoois segundo o carbono ao qual se liga – se ligados a um carbono que está ligado a somente outro carbono é um álcool primário; se ligado a um carbono que está ligado a dois carbonos, trata-se de um álcool secundário; e se ligado a um carbono que está ligado a três outros carbonos, é um álcool terciário.

Obs.: os álcoois apresentam somente um radical hidroxila por carbono.

 

Principais álcoois:

Obs: a nomenclatura oficial determina que o álcool acima seja denominado de etanol, mas usualmente se utiliza a denominação álcool metílico.

 

2. Aldeídos – são compostos que possuem o radical carbonila 

 

na extremidade da cadeia. Seu sufixo é al.

Exemplo de aldeído

  →  Metanal como nomenclatura oficial, mas também conhecido como formol. O metanal (formol) tem a propriedade de conservar tecidos evitando a decomposição pelo ataque de bactérias.

 

 

3. Cetonas – as cetonas possuem um radical carbonila

 

em um carbono secundário. Seu sufixo é ona.

Exemplo de cetona:

→ propanona como nomenclatura oficial, mas também conhecido como acetona. Dissolve-se tanto em água como em solventes orgânicos, sendo por isso muito utilizado como solvente de tintas, vernizes e esmaltes de unha.

 

4. Ácidos carboxílicos – os ácidos carboxílicos possuem um radical carboxila

que é o resultado da união do radical carbonila e da hidroxila (vide acima). Seu sufixo é oico.

Exemplos de ácidos carboxílicos

Continua após a publicidade

 → ácido metanoico na nomenclatura oficial, mas também conhecido como ácido fórmico.

 

5. Ésteres orgânicos – são caracterizados pelo radical

e seu sufixo é ato.

Exemplo:

→ Metanoato de metila.

 

6. Éteres – são caracterizados por dois radicais orgânicos ligados por um oxigênio

<img src="https://network.grupoabril.com.br/wp-content/uploads/sites/4/2016/10/quimica_questao14-j4.gif&quot; /

e sua nomenclatura possui oxi no meio da denominação.

Exemplo: 

<img src="https://network.grupoabril.com.br/wp-content/uploads/sites/4/2016/10/quimica_questao14-j4.gif&quot; / → Etóxi etano na nomenclatura oficial, mas também conhecido simplesmente como éter, de vapores muito densos e bastante utilizado no passado como anestésico.

 

Exercícios:

1.

a. 3/2.
b. 4.
c. 6.
d. 7.
e. 9.

 

2.
(EFOA-MG) De acordo com a IUPAC, o nome do composto de fórmula é: 

 

a. 2, 3 dimetil 1 pentanol.
b. 2, 3 dimetil pentanol.
c. 2 metil 3 etil 1 butanol.
d. 2 metil 3 etil butanona.
e. 2, 3 dimetil 3 etil 1 propanol

 

3.
 

 

4.
(UFPE) Relacione os compostos orgânicos listados na primeira coluna com as substâncias da segunda coluna:

Lendo-se os números da segunda coluna, de cima para baixo, obtém-se:

a. 1, 5, 2, 4, 3.
b. 4, 2, 3, 1, 5.
c. 3, 4, 4, 5, 2.
d. 3, 5, 5, 1, 4.
e. 5, 2, 1, 3, 4.

��

 

Respostas:

1. c.
2. a.
3. 184 g.
4. d.

Continua após a publicidade

Publicidade