Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Não passou no vestibular? Saiba como se recuperar e recomeçar

Não ser aprovado gera uma frustração que precisa ser administrada para você conseguir retomar os estudos

Por Julia Di Spagna Atualizado em 6 dez 2020, 11h42 - Publicado em 11 fev 2020, 17h49

A dedicação foi intensa, você fez exercícios, tirou suas dúvidas e se sentia preparado para as provas. Mas, no final, o resultado não foi o esperado e a aprovação não chegou. 

Não passar no vestibular é algo difícil de se encarar. A frustração é grande e a sensação que fica pode ser a de que você não deu o seu melhor. Embora isso não seja necessariamente verdade, é importante enfrentar esses pensamentos para conseguir se recuperar. Afinal, outro ano já está começando e é necessário que você retome a motivação e recomece os estudos. 

“É muito comum os estudantes, depois de um primeiro fracasso, ficarem muito abalados, consumindo parte da energia que eles precisarão usar para se preparar para o próximo ano”, explica André Freitas, coordenador do Sistema de Ensino pH. Mas, segundo ele, a primeira coisa que os estudantes precisam ter em mente é que isso está dentro da normalidade e que ninguém se torna pior ou melhor com a aprovação ou não aprovação no vestibular. 

  • Para Carlos Massaiti Okubo, coordenador do Curso Poliedro, é importante também lembrar que o ano de estudos que passou não foi perdido, pois muito aprendizado e crescimento foram adquiridos. “E a recuperação pode ser feita de diversas maneiras, principalmente se conhecendo melhor e entendendo as dificuldades e limitações individuais”. Tenha em mente o quanto as vagas são disputadas e nada de se comparar com colegas.  

    E o que fazer agora?

    A dica do especialista é que o vestibulando elabore um plano de estudos que reforce os pontos fracos, mas que ao mesmo tempo não deixe de se dedicar em seus pontos fortes. Uma dúvida comum entre os estudantes é sobre o que é melhor nesse novo ano de estudos: aperfeiçoar o que estava sendo feito ou pensar em novas estratégias? André explica que é um momento em que os jovens precisam ser honestos com eles mesmos. 

    Continua após a publicidade
  • “Eles precisam se perguntar se tiveram alguma estratégia ou se simplesmente concluíram o Ensino Médio de forma despretensiosa. Precisam refletir se foram dedicados nos estudos, se tinham uma rotina de vida e não apenas de estudos”, diz. 

    Segundo o coordenador, caso a resposta seja negativa, é preciso encontrar uma nova forma de se organizar. Caso seja positiva, mesmo assim ela não deu certo, então é válido procurar ajuda de outros estudantes que conseguiram passar no vestibular e buscar referências.

    Encare esse momento

    “É hora de deixar 2019 em 2019. O estudante não deve encarar sua não aprovação como uma injustiça, porque essa lógica gera ressentimento. Ele deve começar 2020 como se fosse um novo ciclo”, afirma André.

    Procure ajuda sempre que necessário, seja ela de familiares, amigos ou profissionais. Aproveite também para descansar nos últimos dias de férias para iniciar a nova jornada de estudos com um fôlego renovado. 

    Seu esforço não foi um desperdício

    Segundo André, quem irá encarar o vestibular pela segunda vez precisa se empoderar dessa vantagem. “A prova para eles já não é uma surpresa e toda a experiência que tiveram deve ser otimizada de forma que eles identifiquem os problemas de forma mais rápida”, afirma.

    Para o estudante que precisa frequentar mais um ano de aulas para o vestibular, o ideal é fazer um balanço de todo aprendizado do ano anterior e lembrar do conhecimento que vai acumular durante mais um ano, assim como refletir sobre os pontos que poderiam ser mais bem aproveitados. 

    “O sucesso é alcançado por meio da persistência, foco, garra e disciplina. O estudante deve lembrar que está a cada dia construindo pequenas conquistas rumo à realização do seu sonho e que com determinação o esperado resultado chegará”, completa Carlos.

    Continua após a publicidade
    Publicidade