logo-ge

O que é a Organização Mundial da Saúde e qual a sua função?

A OMS é uma agência especializada em saúde pública, subordinada à Organização das Nações Unidas (ONU)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) foi fundada em 7 de abril de 1948, data em que se comemora o Dia Mundial da Saúde. É uma agência especializada em saúde pública, subordinada à Organização das Nações Unidas (ONU). Sua sede fica em Genebra, na Suíça.

O objetivo da OMS, segundo sua própria constituição, é desenvolver ao máximo o nível de saúde no planeta. Trata-se não apenas de evitar enfermidades, mas do estado de completo bem-estar físico, mental e social de todos os povos.

Assim, ela busca ajudar os governos no fortalecimento dos serviços de saúde, estimular a cooperação entre grupos científicos para que estudos na área avancem e fornecer informações a respeito de saúde. Além disso, sua função é propor a melhoria da nutrição, habitação, saneamento, recreação, condições econômicas e de trabalho da população.

Quem faz parte?

Ela é composta por 194 Estados-Membros, incluindo todos os 193 Estados-Membros da ONU, exceto Liechtenstein, e dois não membros da ONU: Niue e as Ilhas Cook, que são territórios associados da Nova Zelândia. Cada membro nomeia delegações para a Assembleia Geral da Saúde Mundial, corpo decisor supremo, que se reúne anualmente em maio.

A Assembleia elege 34 membros, tecnicamente qualificados na área da saúde, para a Direção Executiva durante um mandato de três anos, além de nomear o Diretor-Geral a cada cinco anos. O cargo máximo é ocupado desde julho de 2017 pelo etíope Tedros Adhanom.

O que a OMS faz?

Umas das principais funções da OMS é coordenar os esforços internacionais para controlar surtos de doenças, como está sendo feito em relação à pandemia de covid-19, e foi feita no passado com a tuberculose e a malária, por exemplo. Ela também patrocina programas para prevenção e tratamentos das doenças e apoia o desenvolvimento e distribuição de vacinas e medicamentos seguros e eficazes.

Veja também

Uma das grandes conquistas da OMS foi a erradicação da varíola graças aos seus esforços entre 1967 e 1979. Com a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, a OMS também comemorou a diminuição de cerca de 99% dos casos de poliomielite. Na luta contra a aids, a organização tem um papel importante, sendo uma das agências participantes do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/aids (Unaids), que buscar pesquisar e combater a doença.

A OMS realiza pesquisas em diversas áreas da saúde, sobre doenças transmissíveis ou não transmissíveis, ou doenças tropicais, por exemplo. Regularmente, publica um Relatório Mundial da Saúde, incluindo uma avaliação de especialistas sobre a saúde global. Além de realizar diversas campanhas de saúde, como a de incentivo do consumo de frutas e vegetais em todo o mundo e a contra o uso do tabaco.