logo-ge

Em meio à pandemia do coronavírus, MEC vai lançar novo edital do Prouni

A medida serve para evitar prejuízos para os candidatos que estão na lista de espera e aguardam a reabertura das instituições de ensino

O Ministério da Educação anunciou nesta quinta-feira (16) que vai lançar um novo edital do Prouni. A ideia é que candidatos que estão na lista de espera e aguardam análise de documentos ou que não tiveram a oportunidade de comprovar informações junto às instituições de ensino superior não sejam prejudicados.

Mais de 90 mil pessoas que concorrem a bolsas de estudo remanescentes do programa encontram-se nessa situação. Para reduzir o impacto, o MEC já havia suspendido, por tempo indeterminado, o período da lista de espera do programa. 

O calendário anterior e as mudanças

Do dia 6 a 9 de março, candidatos que não foram pré-selecionados na primeira e na segunda chamadas puderam manifestar interesse nas bolsas da lista de espera. A lista foi informada pelo MEC no dia 12 de março. Os estudantes puderam verificar o resultado nas instituições de ensino que escolheram para estudar.

Entre 13 a 16 de março, os candidatos que manifestaram interesse na lista de espera deveriam comprovar as informações junto às instituições de ensino em que pleitearam uma vaga. Nesse período, começaram as medidas de isolamento de estados e municípios em razão do coronavírus e a paralisação de atividades em instituições de ensino.

Com isso, 91.764 candidatos aguardam a reabertura das instituições de ensino para realizarem a entrega da documentação ou receberem retorno das instituições de ensino sobre a vaga pleiteada. Para minimizar os prejuízos da pandemia do coronavírus, o MEC prorrogou por tempo indeterminado o período da lista de espera do Prouni e vai lançar um novo edital.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.