Assine com até 65% de desconto

Fies: veja como fazer a inscrição para 50 mil vagas remanescentes

Saiba quem pode se inscrever e o que é preciso fazer para participar da seleção

Por Juliana Morales Atualizado em 7 out 2020, 11h58 - Publicado em 29 set 2020, 10h56

Segundo edital publicado pelo MEC,  as inscrições para as vagas remanescentes para o Fies do segundo semestre começam no dia 6 de outubro, no site do programa. Serão ofertadas 50 mil vagas em diversos cursos de várias instituições de ensino do país.

Por desistência ou problema com documentação, essas vagas não foram preenchidas no período anterior de seleção e acabaram “sobrando”. Agora outros estudantes podem ter uma chance de conseguir uma bolsa pelo Fies. 

Quem pode se inscrever?

Poderão se inscrever os candidatos que participaram do Enem a partir de 2010, não zeraram na redação e tiveram no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame. Esse novo edital de vagas remanescentes atende somente à primeira modalidade do programa, que oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos

Como funciona a seleção?

De acordo com o MEC, o processo de ocupação das vagas ocorrerá de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. O candidato que precisar alterar informações depois de ter concluído a inscrição no sistema terá de cancelá-la e, posteriormente, deverá concluir outra vez sua inscrição. Durante esse procedimento, a mesma vaga escolhida anteriormente poderá ser ocupada por outro candidato que concluir a inscrição antes. 

Até quando vão as inscrições?

Os candidatos não matriculados em uma instituição de ensino superior podem se inscrever até as 23h59 do dia 13 de outubro. E aqueles já matriculados terão até o dia 13 de novembro para realizar suas inscrições e concorrer ao financiamento. 

  • O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), do Ministério da Educação, tem o objetivo de conceder financiamento a estudantes em cursos superiores pagos, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade