Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Prouni divulga lista de aprovados da 2ª chamada de 2021

Os convocados devem confirmar suas informações entre 8 e 24 de fevereiro. Ainda haverá uma terceira chamada

Por Giulia Gianolla Atualizado em 8 fev 2021, 16h16 - Publicado em 8 fev 2021, 15h45

A lista da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni ) de 2021 foi publicada nesta segunda-feira (8). Os selecionados devem comprovar as informações dadas na hora da inscrição até o dia 24 de fevereiro.

A lista para o processo seletivo do primeiro semestre pode ser acessada no site do Prouni, assim como o cronograma do programa, que sofreu alterações por causa da pandemia.

Ainda é possível se inscrever na Lista de Espera nos dias 1º e 2 de março. A divulgação dos selecionados desta última chamada deve ocorrer em 5 de março.

Em 2021, serão distribuídas bolsas para 13.117 cursos em 1.031 instituições de ensino, localizadas em todos os estados e no Distrito Federal. Nesta edição, são cerca de 162 mil bolsas ofertadas, das quais cerca de 30% são para cursos à distância (52.839).

Edição de 2021

O ProUni do primeiro semestre do ano usou apenas as notas do Enem 2019  com média de mais de 450 pontos nas provas e acima de zero na redação. 

Continua após a publicidade

A prova de 2020 não foi utilizada, já que o resultado sai apenas em março, depois da divulgação dos resultados do primeiro semestre do Prouni. 

Quero Bolsa | Faça Sua Pré-Matrícula! Garanta uma Bolsa de Estudo de Até 75% nas Mensalidades.

Puderam se candidatar ao programa os candidatos que:

  • Cursaram o ensino médio em escolas públicas.
  • Cursaram o ensino médio com bolsa integral em colégio particular.
  • Cursaram o ensino médio parcialmente em escola pública e parte em colégio particular com bolsa integral.
  • Pessoas com Deficiência (PcD);
  • professores da rede pública de ensino, que estejam em exercício na educação básica e que integrem o quadro permanente da instituição. 

Para ter acesso à bolsa integral de estudos pelo programa, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.650) por pessoa. No caso da bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa (R$ 3.300).

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do curso Poliedro.

Continua após a publicidade
Publicidade