Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Duas semanas antes do Enem, coordenadores pedem para sair do Inep

Os cargos de ambos estavam ligados diretamente à aplicação do Enem 2021. As exonerações preocupam outros servidores

Por Juliana Morales Atualizado em 5 nov 2021, 18h49 - Publicado em 5 nov 2021, 16h39

Faltando menos de um mês para o Enem 2021, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, recebeu a exoneração de dois servidores nessa semana. Hélio Júnio Rocha Moraes, coordenador-geral de Logística da Aplicação, e Eduardo Carvalho Sousa, coordenador-geral de Exames para Certificação, trabalhavam há mais de dez anos no órgão.

Os cargos de ambos estavam ligados diretamente  à aplicação do Enem, que será realizado nos dias 21 e 28 de novembro. Eles ainda desempenhavam funções na aplicação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Inclusive, Moraes é responsável por toda a organização logística do Enem. Segundo a apuração da reportagem do Estadão, o coordenador faria os contatos com os policiais, os Correios e a gráfica sobre o exame. Servidores disseram ao jornal que “temem pela segurança do exame sem a presença de profissionais experientes, já que o presidente do órgão, Danilo Dupas, nunca participou da realização do Enem”.

Essa preocupação foi discutida na assembleia dos servidores do Inep na tarde da quinta-feira (4). Durante o ato em frente ao prédio do Inep, em Brasília, um grupo de funcionários denunciou uma suposta “falta de comando técnico” da presidência do órgão e como isso pode causar riscos para o Enem 2021. Segundo eles, a atual gestão promove um “clima de insegurança e medo”.

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) se pronunciou por meio do Twitter:

Continua após a publicidade

Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Continua após a publicidade

Publicidade