logo-ge

Como passar no curso para ser diplomata?

Orientador profissional esclarece

O que devo fazer para conseguir passar no concurso público do Instituto Rio Branco, para cônsules e diplomatas?
Enviado por Nicola Cardoso Vigio

A primeira exigência é que você tenha um título em nível de graduação em qualquer área. Isso significa que você deve ter cursado uma formação de nível superior – não importando a natureza do curso, ou seja, Direito, Engenharia, Educação Física ou qualquer outra.

O exame para ingresso no Instituto Rio Branco, órgão governamental que forma o diplomata e ligado Ministério das Relações Exteriores, é muito rigoroso e exigente.

Requer conhecimentos quanto ao conhecimento de legislação, política internacional, de línguas, economia, entre outros. Para mais informações, consulte o site. Ao ingressar no Instituto você automaticamente torna-se um servidor, recebendo salário para tal.

Profissionais que provém de áreas afins ao campo das humanidades têm mais chance de ingressar nesta carreira, como advogados, economistas, produtores culturais, cientistas sociais, bacharéis em relações internacionais entre outras carreiras, em função das provas aplicadas. Mas nada impede que qualquer pessoa, independente do curso do qual seja oriundo, possa participar da seleção.

Há cursos livres, não vinculados ao sistema oficial de ensino, como os “cursinhos” que preparam os interessados quem desejam ingressar nessa carreira. Uma rápida pesquisa na internet pode lhe oferecer referências sobre eles.

Leia mais:
– Relações Internacionais é o curso que eu quero?
– Ache o cursino mais próximo de você

– Conheça o dia a dia de um profissional de Relações Internacionais
– Será que tenho mais a ver com Humanas, Exatas ou Biológicas?