logo-ge

Devo escolher Fisioterapia ou Enfermagem?

Orientador profissional esclarece

Sou técnico em enfermagem e trabalho em um hospital há três meses. Apesar de gostar do trabalho, estou em dúvida sobre qual carreira seguir. Acho que Enfermagem tem um mercado restrito e, em Fisioterapia, o mercado é mais amplo, possibilitando que eu seja dono do meu próprio negócio. Além disso, o “status” é maior.

Qual das duas carreiras é mais promissora?
Enviado por Bruno Libano

Você deve utilizar sua própria experiência e o contato profissional atual para realizar tal avaliação dos dois cursos. Seu contato cotidiano no hospital com diversos profissionais da área da saúde pode lhe permitir uma boa pesquisa; converse com seus colegas, investigue seus percursos profissionais. Considere também seus próprios interesses e valores, as especificidades das profissões citadas, recursos (financeiros e pessoais, tempo de estudo), e não deixe de pesquisar as grades curriculares dos cursos.

+ VEJA TAMBÉM
-Aprenda mais sobre o curso de Enfermagem e o mercado de trabalho
– Aprenda mais sobre o que faz um fisioterapeuta e o mercado de trabalho
– Conheça aqui mais cursos da área de Saúde

O fisioterapeuta previne, diagnostica e trata disfunções do organismo humano causadas por acidentes, má-formação genética ou vício de postura. Para isso, usa métodos como massagem e ginástica, com a finalidade de restaurar e desenvolver a capacidade física e funcional do paciente. Também faz tratamentos à base de água, calor, frio e aparelhos especiais. Ele pode atuar em clubes esportivos, hospitais, centros de reabilitação e em clínicas de fisioterapia e ortopedia. Em empresas, trabalha com a prevenção de acidentes de trabalho e com a correção postural dos funcionários. Em escolas, corrige e orienta a postura de crianças, jovens e adultos.

O enfermeiro é a pessoa que se dedica a promover, a manter e a restabelecer a saúde das pessoas. O enfermeiro atua na proteção, na promoção e na recuperação da saúde, bem como na prevenção de doenças. Em hospitais, é indispensável em todos os setores, da UTI à psiquiatria. Ele coleta os dados sobre o estado de saúde do paciente por meio de exames físicos e entrevistas e faz o diagnóstico de enfermagem para estabelecer a conduta a ser seguida.

É importante não deixar de lado outras profissões da área da saúde. Pode ser que, dessa forma, novas opções se abram para você. Considere que o tempo despendido para o planejamento de sua carreira pode se reverter em maiores convicções.