logo-ge

É loucura mudar totalmente de área?

Orientador profissional esclarece

Tenho 26 anos e atualmente estou desempregada. Sou formada em Hotelaria, mas não gostei da área e decidi fazer uma pós-graduação voltada para profissionais em Secretariado Executivo. Pensava que, mudando um pouco o foco, teria realização profissional, o que não aconteceu. Finalmente percebi que o que me descontenta é trabalhar na área administrativa. Portanto, estou querendo mudar totalmente de área e fazer Odontologia. É muita loucura?
Enviado por Veridiana F.

Fazer novas escolhas não é um ato de “loucura”, de aventura em si. No entanto, como você já pôde perceber, podemos nos enganar se não fizermos as escolhas considerando o maior número de elementos envolvidos nelas.

Por exemplo: há dezenas de profissões que permitem atividades que se afastam da organização dos fluxos e processos administrativos – e odontologia pode se enquadrar neste grupo. Note também que mesmo partindo de formações que não tenham a administração do trabalho como elemento central, há profissionais que acabam se envolvendo com tais atividades.

Veja alguns exemplos: um artista plástico que se torna um marchand; um ator que se torna produtor teatral; um biólogo que se torna gerente de processos em uma indústria do ramo alimentício, entre outros exemplos.

Considere, portanto, que sua nova escolha deve ser produto de intensa investigação sobre as mesmas determinações que estão presentes no contexto de quem escolhe pela primeira vez sua profissão. Nesse sentido, identifique suas características pessoais (valores, história de vida, habilidades desenvolvidas e desafios que considera querer enfrentar), informe-se profundamente sobre diversas profissões, avalie perspectivas de mercado e campo de trabalho, considere a dinâmica das relações de trabalho em nossa sociedade.

Construa, como síntese, um projeto de vida – que poderá, sim, sofrer alterações, mas mesmo que ocorram serão de outra natureza em relação às quais você está vivenciando.