logo-ge

Estou terminando Arquitetura, mas gosto de Cinema. O que faço?

Orientador profissional esclarece

“Estou já no fim do curso de Arquitetura e Urbanismo, mas vejo que no fundo não sei se conseguiria trabalhar neste mercado. Sei que gosto muito de Cinema e gostaria de trabalhar na área. Que caminho devo seguir: fazer um outro curso ou buscar uma especialização?”

enviado por Larissa

Não há forte aproximações entre áreas da Arquitetura e do Cinema. De forma relativamente paralela, como arquiteta você poderia enveredar no campo da cenografia, colaborando na ambientação de cenas, na pesquisa de mobiliário em filmes históricos, por exemplo. Saiba que há outros profissionais que desempenham tais funções, como designers e artistas plásticos, além de bacharéis em artes ciências. Nesse sentido, a opção por cursos de especialização não se apresenta como forte.

É fato que o desenvolvimento da linguagem visual, imagética, presente na graduação em Arquitetura pode ajudar no trabalho do cineasta. Talvez o maior exemplo – mas também talvez a maior exceção – seja o caso de Fernando Meirelles, renomado cineasta brasileiro, formado em Arquitetura nos anos 1980. Considere no entanto que uma série de fatores especiais ocorreram desde a infância dele para que tal caminho fosse construído.

Você pode considerar caminhos alternativos: terminar o curso (que você refere estar no “final”) e procurar informações sobre cursos livres de cinema (que não sejam de graduação em nível superior), já que não há exigência formal no mercado de cinema de formação superior específica para as o exercício das diversas atividades da área. Ou considerar realizar nova graduação em artes visuais, paralelamente ou não ao início do exercício profissional da arquitetura. Tais caminhos dependerão dos recursos disponíveis, dos valores pessoais que pretende realizar profissionalmente, das expectativas quanto a remuneração, entre outros fatores que devem ser bem analisados.