logo-ge

O que faço para decidir?

Orientador profissional esclarece

Estou em dúvida em relação ao curso que quero fazer. Tenho muito medo de começar a cursar e não gostar. O que faço para decidir?
Enviado por Denize Cruz

O processo de escolha profissional, como qualquer outra escolha – desde aquelas que fazemos no dia-a-dia até aquelas que têm um impacto maior sobre nossas vidas –, envolvem sentimentos que são difíceis de lidar.

Uma escolha sempre envolve dúvida – toda vez que temos de escolher algo, nos deparamos em no mínimo duas possibilidades que são igualmente atraentes por motivos diferentes. Escolher significa exatamente resolver esta dúvida. Portanto, é esperado que as pessoas tenham dúvidas e se sintam inseguras quanto à direção a tomar.

Para resolver é necessário conhecer da forma mais ampla possível as possibilidades colocadas. Pensar em si também ajuda (autoconhecimento) e entender o contexto (econômico, social e político) onde a escolha se realiza.

No entanto, tudo isso é condição necessária mas não suficiente. A solução mesmo está num ATO DE CORAGEM, que significa assumir uma das possibilidades e batalhar muito para que “dê certo”. Ao usar o termo coragem pressupomos que existe risco a ser vivido. Portanto, não existe escolha sem risco, mas escolha com muito risco (aquela feita de supetão, quando se entra de cabeça sem pensar em nada) e escolha com pouco risco, aquela resultante de muita reflexão.

Ninguém pode lhe garantir que você vai gostar do curso que escolheu, mas seguramente você aumentará a chance disso não acontecer se estiver muito bem informada sobre tudo.