logo-ge

Qual a formação para fazer pesquisas em biotecnologia?

Orientador profissional esclarece

Tenho 17 anos e nunca tive muita certeza sobre o que iria fazer. Ano passado optei pelo curso de Medicina e gostaria de ser cirurgião, contudo, este ano comecei a refletir sobre a rotina deste profissional e como eu sempre quis trabalhar com pesquisas pensei que biotecnologia seria uma opção mais coerente com os meu anseios. Minha maior preocupação é como estará o mercado para este profissional nos próximos anos. Algum conselho? Qual deverá ser a minha formação para seguir nessa área?
Enviado por Lino

Toda formação superior permite o desenvolvimento de pesquisas científicas. A formação do pesquisador em qualquer área ocorre por meio dos programas de pós-graduação strito-senso (mestrado e doutorado), promovidos pelas universidades.

– Mestrado, doutorado, especialização ou MBA? Saiba o que é cada curso e faça a sua escolha

A natureza e as condições sob as quais ocorrem as “pesquisas” (levantamento documental, utilização de simulações em ambientes específicos e laboratórios, entrevistas, observação de campo etc) dependem não só da profissão, mas, sobretudo do tema da pesquisa. Dessa forma, médicos cirurgiões podem se tornar pesquisadores em sua área. Faça uma consulta em sites de busca com a frase “pesquisa em cirurgia” e você encontrará dezenas de referências.

Mas você relatou interesse recente por biotecnologia. De forma geral o biotecnólogo é o especialista em processos tecnológicos que envolvem conhecimentos de biologia e química no desenvolvimento de produtos alimentícios, de controle de pragas em plantações, no desenvolvimento de espécies principalmente vegetais com propriedades desejadas, incluindo-se a manipulação genética. Uma boa fonte de pesquisa sobre o campo de atuação deste profissional pode ser encontrada no site na área de Profissões e Universidades do GUIA.

Pesquise também os seguintes links de órgãos púbicos sobre pesquisas nesse campo: http://www.iac.sp.gov.br/areasdepesquisa/recgeneticos/ (Instituto Agronômico do Estado de São Paulo) e http://www.embrapa.br/ (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

A formação em biotecnologia é bem diversificada. Dependendo da instituição que a oferece, os nomes variam bem como as ênfases quanto aos conteúdos. Engenharia de bioprocessos, engenharia biotecnológica, ciências biológicas – ênfase em biotecnologia, ciências biomédicas são outras possibilidades, indicando maior ou menor carga de matérias ligadas a cálculo por exemplo.

O Brasil desponta cada vez mais como potência mundial no campo da agroindústria. Este é um cenário bastante promissor em relação a perspectivas de empregabilidade e remuneração para o biotecnólogo.
Avance em suas “pesquisas” para encontrar as respostas de que necessita.

 

Leia mais:
– Que curso escolho: Biologia ou Biotecnologia?
– As carreiras que você pode seguir com Biotecnologia