Assine com até 65% de desconto

Marketing

O profissional de Marketing é, fundamentalmente, um administrador de negócios especializado em aumentar as vendas

Por Redação Atualizado em 18 Maio 2020, 14h51 - Publicado em 28 Maio 2012, 15h45
GE/Guia do Estudante

O profissional de Marketing é, essencialmente, um administrador de negócios especializado em aumentar as vendas. Ele detecta e aproveita as oportunidades de mercado, atrai o consumidor e atende às necessidades do cliente. Também delineia e executa estratégias para conquistar do público lealdade a uma determinada marca, bem como construir e manter a boa imagem do produto.

Trabalha ainda com pesquisa de mercado, coletando e analisando dados sobre o perfil do consumidor e o ambiente socioeconômico, sempre estimando o impacto do custo das ações de promoção e propaganda sobre o preço final do produto. Pode trabalhar na área de marketing de grandes empresas, como consultor de negócios, ou atuar em institutos de pesquisa e órgãos públicos. É possível ingressar na carreira com uma graduação em Administração e, também, como tecnólogo.

  • Fique de Olho

    A FORÇA DO MARKETING DIGITAL
    O apelo das mídias sociais faz com que muitas empresas usem essa ferramenta para promover produtos e conquistar mercado. Sendo assim, é grande a procura por especialistas em marketing digital, área que engloba os mecanismos para divulgar e promover, na internet, marcas, produtos e serviços a públicos específicos.

    Para isso, usa estratégias diversas, como produção e compartilhamento de conteúdo, otimização de sites e monitoramento de redes sociais, além de estudo de personas (ou seja, qual o perfil dos usuários que são público-alvo do produto) e de estudo de palavras-chave (para que o conteúdo sobre o produto apareça nas buscas da internet). 

    Grandes redes de varejo e agências especializadas que prestam serviço para outras empresas são os maiores contratantes.

    A IMPORTÂNCIA DE BIG DATA
    A expressão se refere à análise de uma grande quantidade de dados oriundos do tráfego na internet. Empresas desenvolvem sistemas capazes de coletar e analisar o volume cada vez maior de dados, a partir da navegação e postagens dos usuários em sites, blogs e redes sociais – os chamados dados não estruturados. Com essas informações, o profissional pode identificar comportamentos para lançar ações e produtos.

    O VALOR DA EXPERIÊNCIA
    O marketing promocional ou living marketing é uma das áreas que mais cresce. O especialista organiza eventos, promoções e ações para valorizar uma marca ou torná-la conhecida. Ele cuida da participação de empresas em feiras de negócios e se responsabiliza por ações no ponto de vendas, como degustação de alimentos em supermercados.

    “O marketing está cada vez menos associado à publicidade tradicional e mais voltado a proporcionar experiências”, diz Wilson Ferreira Junior, presidente da Associação de Marketing Promocional. As ações podem ser amplificadas com o uso de ferramentas online. “O digital tem um poder imenso de ampliar iniciativas do living marketing. Para isso, basta fazer uma ação, gravá-la e compartilhá-la numa rede social”, diz Ferreira Junior.

    O que você pode fazer

    Comunicação corporativa: realizar ações e produzir material de comunicação voltados para o público interno da empresa.

    Consultoria: prestar assessoria a empresas para promover o lançamento de produtos.

    Desenvolvimento de produto: identificar as necessidades dos consumidores e convertê-las em ofertas, produtos ou serviços que os satisfaçam. Renovar um produto já existente no mercado.

    Gerência de produto: planejar as estratégias de venda de um produto desde que é lançado até sua chegada ao mercado.

    Merchandising: planejar a inserção publicitária dentro do conteúdo de veículos de comunicação.

    Pesquisa: obter dados, como renda, escolaridade e hábitos de consumo, que possibilitem conhecer o mercado antes do lançamento de um produto. Avaliar o impacto da chegada desse produto ao consumidor.

    Planejamento estratégico: coletar, analisar e interpretar dados do mercado para que possam ser estabelecidas estratégias (plano de marketing).

    Marketing promocional: promover operações de marketing em pontos de venda e planejar promoções de modo geral. Organizar eventos promocionais.

    Marketing cultural: posicionar no mercado e promover o trabalho de um artista, um espetáculo ou programas culturais de instituições e órgãos públicos.

    Mercado de Trabalho

    Grandes empresas de diversos setores precisam de pessoal para desenhar estratégias de posicionamento no mercado a longo prazo. E as de médio e pequeno porte estão descobrindo a necessidade de investir em estratégias para ganhar mercado – e esse é o profissional responsável por implantá-las. O setor de serviços, muito dependente do relacionamento com o consumidor, é o que mais requisita o egresso.

    A área de mídias sociais, um canal direto com o consumidor, é uma das mais aquecidas. Quem tem aptidão para vendas pode encontrar caminho aberto no departamento comercial de grandes empresas, como as de tecnologia. Elas procuram pessoal qualificado para prospectar clientes e vender produtos de alto custo.

    Marketing cultural e esportivo também têm um bom potencial, assim como o marketing promocional. Também estão em alta os especialistas em marketing digital, que dominam as ferramentas para divulgar e promover na internet marcas, produtos e serviços a públicos segmentados, e em big data, que analisam uma grande quantidade de dados gerados na web para extrair conhecimentos que possam impulsionar um negócio. As regiões Sul e Sudeste concentram a maior parte das vagas.

    Curso

    BACHARELADO
    O currículo do bacharelado engloba as principais áreas do marketing – direto, industrial, corporativo, de varejo e de serviços – com disciplinas referentes à gestão de negócios, de preços e custos.

    Traz também matérias como sociologia, economia, psicologia e estatística. Com elas, o aluno toma conhecimento de aspectos socioeconômicos relevantes para traçar estratégias, compreende o que se passa na cabeça do consumidor e é capaz de analisar pesquisas de mercado. A apresentação de cases (casos de ações e planejamento reais) faz parte do dia a dia escolar. Trabalho de conclusão de curso e estágio são exigências de algumas instituições.

    Duração média: 4 anos.

    Outro nome: Comunicação e Marketing.


    TECNOLÓGICO

    O currículo dos cursos tecnológicos é voltado para a prática profissional. O aluno estuda estratégias de marketing, comportamento do consumidor, branding e pesquisa de mercado. Alguns cursos são mais dirigidos para um segmento específico, como marketing digital ou varejo. Por isso, atenção na hora de se definir por esta ou aquela escola. No geral, as faculdades exigem trabalho de conclusão de curso.

    Duração média: 2 anos.

    Outros nomes: Gestão de Marketing; Gestão em Marketing; Gestão Mercadológica.

    LEITURA INDICADA:

    Confissões de um Publicitário, de David Ogilvy

    A Bíblia do Marketing Digital, de Claudio Torres

    Isso é Marketing: Para ser Visto é Preciso Aprender a Enxergar, de Seth Godin

    Legenda:

    Estrelas da Avaliação do Guia do Estudante

    ★★★★★ - Excelente

    ★★★★ – Muito bom

    ★★★ - Bom

    CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

    O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

    Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

    $ - Até 500,00 reais

    $$ - De 500,01 a 750,00 reais

    $$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

    $$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

    $$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

    n/i - Valor não informado

    Você também pode se interessar por:

    Publicidade