logo-ge

Zootecnia

É a busca de produtividade e rentabilidade na criação de animais e no desenvolvimento de produtos de origem animal (carne, ovos, leite e seus derivados)

É a busca de produtividade e rentabilidade na criação de animais e no desenvolvimento de produtos de origem animal (carne, ovos, leite e seus derivados). O zootecnista atua em toda a cadeia produtiva animal. Ele coordena a criação de rebanhos bovinos, ovinos, caprinos, suínos, aves e equinos, e faz a gestão e o planejamento agropecuário, o que inclui aspectos técnicos, como o projeto de pastagens.

Promove o melhoramento genético e aplica técnicas de reprodução. Pode pesquisar nutrientes, acompanhar a fabricação de rações, vitaminas e produtos de saúde e de higiene para animais. Trabalha também na indústria alimentícia e na produção de alimentos de origem animal. Atua, ainda, como autônomo, fazendo planos de manejo animal ou dando assistência a propriedades rurais.

Dúvida do vestibulando

QUAL A DIFERENÇA ENTRE ZOOTECNIA E MEDICINA VETERINÁRIA?

 O zootecnista tem conhecimentos focados na área de nutrição e alimentação, melhoramento genético e administração, buscando maior produtividade e rentabilidade na criação de animais. Já o médico veterinário centra-se na saúde dos animais, sendo responsável pela assistência clínica e cirúrgica e pelo controle da fabricação de produtos de origem animal.

O que você pode fazer

Animais silvestres Lidar com a preservação e cuidar do aproveitamento econômico de diferentes espécies.

Bioclimatologia Estudar os efeitos do ambiente nos organismos vivos.

Comércio Orientar o consumidor na compra de rações, medicamentos e outros produtos voltados para a criação.

Eventos Planejar e realizar rodeios e exposições agropecuárias. Supervisionar atividades relativas a animais de esportes e lazer.

Melhoramento genético Fazer a avaliação genética e desenvolver técnicas de cruzamento e inseminação artificial para garantir rebanhos mais fortes. Proceder à seleção dos animais visando à formação do rebanho matriz para reprodução.

Nutrição e alimentação animal Desenvolver suplementos alimentares em indústrias de ração e de vitaminas. Controlar a qualidade dos alimentos usados na nutrição animal.

Pesquisa Estudar o aperfeiçoamento dos métodos de abate e cruzamento e pesquisar novos produtos de origem animal para os quais existe demanda.

Planejamento e administração rural Planejar e organizar construções rurais, pastos e projetos de criação de animais em propriedades como fazendas e haras para aumentar a produtividade dos rebanhos. Comprar e vender animais.

Saúde Coordenar atividades que envolvem terapias humanas com a utilização de animais. Cuidar da saúde de rebanhos.

Zootecnia de precisão Usar recursos tecnológicos (monitoramento por imagens, sensores etc.) para melhorar o manejo, a reprodução e a produtividade dos animais.

Mercado de Trabalho

O zootecnista está em alta nas indústrias alimentícias, atentas à qualidade de seus produtos de origem animal ao longo da cadeia produtiva. O consumidor é exigente quanto ao sabor, controle sanitário, valor nutritivo da carne que consome e condições de criação dos rebanhos.

Para se destacar, o bacharel deve dominar inovações tecnológicas usadas no dia a dia da profissão, como drones e aplicativos de celular para controlar rebanhos a distância.

O crescimento do mercado de pets eleva a procura pelo profissional, que pode atuar na indústria de nutrição animal. Ele também trabalha em empreendimentos agropecuários, cooperativas rurais, frigoríficos, zoológicos, centros de triagem de animais silvestres e unidades de conservação.

Curso

Biologia, genética e zoologia integram o currículo. Há também aulas de nutrição animal, fisiologia animal, ciências do solo, biologia molecular e melhoramento genético animal. Os fundamentos da Zootecnia são oferecidos a partir do terceiro ano, em matérias como parasitologia, melhoramento genético e bioclimatologia, além de técnicas de manejo de rebanhos e de criações.

Algumas faculdades estudam espécies silvestres, como jacaré e capivara, cujo consumo é regulamentado no país. Estágio e trabalho de conclusão de curso são obrigatórios.

Duração média: 5 anos.

 

Legenda:

Estrelas da Avaliação do Guia do Estudante

★★★★★ - Excelente

★★★★ – Muito bom

★★★ - Bom

CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

$ - Até 500,00 reais

$$ - De 500,01 a 750,00 reais

$$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

$$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

$$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

n/i - Valor não informado