Assine Guia do Estudante ENEM por 15,90/mês
Continua após publicidade

Enem: as dicas do Inep para não fugir ou tangenciar o tema da redação

Fugir do tema pode zerar sua redação, e tangenciar te faz perder nota em três competências diferentes. Saiba o que isso significa e como evitar!

Por Taís Ilhéu
9 out 2023, 17h30

Muitos candidatos sabem que escrever menos de sete linhas, palavrões ou uma receita de miojo no meio da redação do Enem não é apenas uma má ideia: é nota zero na certa. Mas existem outros deslizes menos conhecidos que também podem minar as chances de quem se preparou muito para fazer a prova, e a fuga do tema é um deles. Fugir totalmente da proposta apresentada pela banca é uma das situações que pode zerar a redação. Já a fuga parcial ou o tangenciamento não são tão fatais, mas ainda assim descontam alguns pontinhos. Mas afinal de contas, o que significam estes termos?

O que é fuga total do tema

Segundo a cartilha de redação do Enem 2022, elaborada pelo Inep, “considera-se que uma redação tenha fugido ao tema quando nem o assunto mais amplo nem o tema específico proposto tenham sido desenvolvidos”. Quer um exemplo? Na edição passada, em que o tema da redação foi Os desafios para valorização das comunidades e povos tradicionais, foi considerado fuga do tema os seguintes casos:

  • não mencionou, em momento algum, comunidade/povos tradicionais ou quaisquer de seus termos/ideias equivalentes;
  • não utilizou o(s) termo(s) “comunidade[s]” e/ou “povo[s]”, especificamente (nesse caso não são aceitos seus sinônimos), sem o adjetivo “tradicionais”, mencionando os desafios para a valorização dessas comunidades/povos;
  • utilizou o(s) termo(s) “comunidade[s]” e/ou “povo[s]”, especificamente, sem o adjetivo “tradicionais”, mas não mencionou os desafios para a valorização dessas comunidades/povos.

+ 10 apostas de tema para a redação do Enem 2023

O que é tangenciamento do tema

Já a fuga parcial do tema ou o tangenciamento acontece quando o candidato faz “uma abordagem parcial baseada somente no assunto mais amplo a que o tema está vinculado”. No tema de 2022, o caso mais clássico de tangenciamento foi o dos alunos que dissertaram sobre os povos e comunidades tradicionais, mas não falaram sobre os desafios para valorização deles. Ou então que citaram os desafios para valorização de povos e comunidades, mas esqueceram de adicionar o adjetivo “tradicionais”.

Continua após a publicidade

Explicado o que é a fuga e tangenciamento do tema, vamos às dicas do Inep para não cometer estes erros na sua redação! Elas foram retiradas da Cartilha de Redação do Enem 2023, que você pode baixar clicando aqui.

1. Mencione os termos da frase-tema no seu texto

Não vale colocar só no título e nem deixar subentendido, imaginando que o corretor sabe do que você está falando. Para não correr o risco de fugir do tema é importante que o candidato mencione nominalmente no texto a frase-tema! Não precisa ser tudo junto, como aparece na proposta, mas ao menos as palavras-chave devem aparecer ao longo da sua dissertação.

Olhe só alguns exemplos de introdução de redações nota mil extraídas da cartilha do Inep:

Continua após a publicidade

Na música “Imagine”, de John Lennon, é retratada uma sociedade que se une, apesar das diferenças culturais, a fim de alcançar a felicidade. Assim como na obra, fora da canção, a harmonia social é imprescindível para o desenvolvimento de uma nação. Contudo, no Brasil, desafios como a negligência estatal, somada à presença de um ideário colonial no pensamento coletivo, prejudicam a valorização das comunidades e dos povos tradicionais, impedindo a concretização dessa união. Desse modo, torna se fundamental a atuação do Estado para solucionar esse óbice.

Declarado patrimônio imaterial brasileiro, o ofício das quebradeiras de coco é exemplo da preservação de conhecimentos populares que marcam a cultura, a economia e as relações interpessoais dos povos envolvidos. Similarmente, muitos outros grupos tradicionais possuem saberes de extrema importância e, no entanto, não recebem o respeito merecido, o que cria uma urgente necessidade de promover a valorização dessas comunidades. Nesse contexto, é válido analisar como a negligência estatal e a existência de uma visão capitalizada da natureza representam desafios para a resolução de tal problemática.

+ Redação nota 1000 do Enem citou filme “Encanto”, da Disney

Continua após a publicidade

2. Não recorra apenas a sinônimos

Você provavelmente já ouviu de um professor de redação que usar sinônimos ou pronomes é uma boa maneira de retomar ideias no texto sem repetir as mesmas palavras o tempo todo. Ele tem razão, mas cuidado para não levar o conselho longe demais na dissertação do Enem! A gente explica.

Para que o corretor não considere que o candidato fugiu ou tangenciou o tema, é importante que o autor da redação mencione os termos principais da frase-tema no seu texto – e, em pelo menos uma das vezes, é importante que eles apareçam iguaizinhos aos da proposta, sem sinônimo ou firula. Garantindo isso, é permitido ser um pouco mais inventivo – sempre tomando cuidado para escolher os sinônimos corretos.

3. Certifique-se de que abordou todos os aspectos da proposta

O tangenciamento, embora não zere a redação como a fuga total, também deve ser um ponto de atenção do candidato. Isso porque essa fuga parcial do tema pode descontar pontos em três competências diferentes: a II, III e V.

Continua após a publicidade

Para não correr o risco de cometer esse erro, é importante que a argumentação do candidato contemple toda a proposta exposta na frase-tema. Avalie se conseguiu incluir todos os aspectos necessários no seu projeto de texto e, para garantir, leia e releia o texto depois de finalizado e vá grifando em lápis as palavras-chave.

Por fim, que tal ler as redações de candidatos que tiraram nota máxima na edição passada do exame? Assim você já pratica e avalia as melhores estratégias para não fugir do tema. Boa sorte!

 

Entre no canal do GUIA no WhatsApp e receba conteúdos de estudo, redação e atualidades no seu celular!

Compartilhe essa matéria via:

 Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso GUIA DO ESTUDANTE ENEM e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Busca de Cursos

Continua após a publicidade

 

Publicidade
Enem: as dicas do Inep para não fugir ou tangenciar o tema da redação
Redação
Enem: as dicas do Inep para não fugir ou tangenciar o tema da redação
Fugir do tema pode zerar sua redação, e tangenciar te faz perder nota em três competências diferentes. Saiba o que isso significa e como evitar!

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se você já é assinante faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

DIGITAL
DIGITAL

Acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo do site

A partir de R$ 9,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.