logo-ge

As melhores cidades do mundo para se fazer intercâmbio

Londres lidera o ranking pelo segundo ano consecutivo

Tem opção para todos os gostos: as três melhores cidades do mundo para se estudar estão cada uma em um continente! Londres ocupa o primeiro lugar do ranking, seguida por Tóquio e Melbourne. As campeãs aparecem no ranking Best Student Cities, elaborado pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS) – responsável por um dos mais conceituados rankings de universidades do mundo, QS World University Rankings

Londres repetiu a posição do ano passado, quando também ficou em primeiro lugar. Montreal, campeã em 2016, hoje ocupa a sexta posição. Outros países que têm cidades entre as mais bem colocadas são a Alemanha, França, Suíça e Coreia do Sul. 

Dez melhores cidades para se estudar

  • Londres (Reino Unido)
  • Tóquio (Japão)
  • Melbourne (Austrália)
  • Munique (Alemanha)
  • Berlim (Alemanha)
  • Montreal (Canadá)
  • Paris (França)
  • Zurique (Suíça)
  • Sydney (Austrália)
  • Seul (Coreia do Sul)

Brasil no ranking

O Brasil, ao que parece, também é um destino atrativo para estudantes de outros lugares do mundo. Embora longe dos mais bem colocados, São Paulo e Rio de Janeiro aparecem no Best Student Cities na 76ª e 102ª posições, respectivamente. Entre as latino-americanas, aparecemos depois de Buenos Aires (Argentina), que ocupa o 31ª colocação, da Cidade do México (México), na 53ª, e de Santiago (Chile), 54ª. 

Para chegar ao resultado do ranking, a QS faz uma extensa pesquisa com mais de 87 mil intercambistas e estudantes que planejam estudar fora, e mede, entre outras coisas, o número de universidades conceituadas da cidade, o emprego, a diversidade estudantil e o custo de vida.