logo-ge

Conheça graduações EaD na rede pública

Saiba quais são as universidades federais e estaduais que oferecem ensino à distância de alto nível sem cobrar mensalidade

Como existem no Brasil mais de 200 instituições de Ensino Superior que oferecem graduações à distância, é importante ser bastante criterioso na hora de escolher onde estudar. As Instituições de Ensino Superior (IES) federais e estaduais surgem como a melhor opção para quem quer aliar qualidade e preço – sempre os melhores critérios para selecionar um curso EAD. Primeiro, porque elas ofertam um ensino de alto nível e têm grande aceitação no mercado de trabalho. Segundo, porque não é preciso se preocupar com a mensalidade, já que os cursos são gratuitos.

As IES públicas estão ampliando cada vez mais as opções de graduação à distância, com polos distribuídos por todo o território brasileiro. De modo geral, as instituições estaduais e federais se organizam em sistemas, redes ou consórcios para disponibilizar as graduações à distância. Esses sistemas são responsáveis pelo apoio operacional às IES, possibilitando a uma universidade oferecer um curso e ter o apoio de outras instituições associadas, que podem compartilhar polos presenciais, professores e funcionários. Já a IES que oferta o curso continua sendo responsável por todos os aspectos acadêmicos das graduações – do conteúdo à emissão do diploma.

Funcionam dessa forma os sistemas Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o Centro de Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj). Já a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) é uma IES pública que disponibiliza cursos EAD e emite diploma próprios.

Veja a seguir mais informações sobre a UAB, o Cederj e a Univesp e conheça as instituições participantes, os cursos ministrados e as formas de acesso.

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL (UAB)

A UAB é um sistema instituído pelo governo federal em 2005, para dar apoio a cursos EAD de universidades federais, universidades estaduais e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifets). Em 2017 participam 106 instituições, que disponibilizam um total de 160 mil vagas na modalidade à distância para cursos gratuitos de graduação. Ao todo, são 750 polos de apoio presencial espalhados pelo Brasil.

O principal objetivo da UAB é oferecer licenciaturas para formar professores, especialmente aqueles que já atuam na Educação Básica da rede pública mas que ainda não são graduados. Há ainda cursos de bacharelados e tecnólogos abertos ao público em geral, além de especializações lato sensu, também gratuitas. O diploma é emitido pela instituição que oferta o curso.

  • Cursos: Bacharelados, licenciaturas e tecnológicos somam 353 graduações. A UAB também oferece centenas de cursos de especializações.
  • Processo seletivo: Em todas as graduações o vestibular é feito pelas próprias IES. Várias delas adotam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
  • Inscrições: Professores interessados nos cursos de formação devem contatar a instituição de ensino participante da UAB. Cursos, instituições de ensino e polos de apoio presencial poderão ser consultados no site da UAB, que em meados do ano estava sendo reconfigurado para ser aberto a todos os interessados.

CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR À DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (CEDERJ)

É um consórcio do governo estadual do Rio de Janeiro, criado em 2000, que reúne sete IES públicas: Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf ), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ).

O aluno pode cursar disciplinas compartilhadas por essas e outras instituições que fazem parte do consórcio, em 32 polos, nas 31 cidades que cobrem todas as microrregiões do estado. O graduado recebe o diploma da instituição na qual estudou. Se você tem interesse em conhecer os cursos da Cederj, fique de olho: a instituição anunciou que irá abrir até o final do ano o conteúdo de todos os cursos na internet a qualquer interessado, participante regular ou não dos cursos. Saiba mais no site.

  • Cursos: São 15 graduações: bacharelados em Administração, Administração Pública e Engenharia de Produção; tecnológicos em Gestão de Turismo, Segurança Pública e Sistemas de Computação; e licenciaturas em Ciências Biológicas, Física, Geografa, História, Letras, Matemática, Pedagogia, Química e Turismo. No último vestibular, foram oferecidas mais de 7 mil vagas.
  • Processo seletivo: A Fundação Cecierj é responsável pelo vestibular, que ocorre a cada semestre. As provas têm 40 questões de múltipla escolha (que incluem língua inglesa e espanhol), cinco questões discursivas específicas para cada curso escolhido, além de redação. É possível concorrer a uma vaga pela nota do Enem. As escolas adotam o sistema de cotas para alunos que completaram o Ensino Médio em escolas públicas, para os declarados pretos, pardos e indígenas, conforme a lei federal, e para professores da rede pública de ensino.
  • Inscrições: Pelo site. Você escolhe a instituição de ensino e o polo de apoio presencial.

UNIVERSIDADE VIRTUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO (UNIVESP)

A fundação Univesp é uma IES do governo do estado de São Paulo, que oferece cursos EAD em parceria com o Centro Estadual de Ensino Tecnológico Paula Souza (Ceeteps) e com as três universidades estaduais: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade Estadual Paulista (Unesp). No vestibular de meio do ano de 2017, a universidade ofereceu mais de 16 mil vagas. Em 2018, a previsão é que a Univesp atue com polos em 101 cidades, dos quais 33 só na capital.

  • Cursos: São quatro graduações: licenciatura em Pedagogia e em Matemática, e bacharelado nas engenharias de Produção e de Computação. Nesses cursos, o aluno cumpre dois anos de um ciclo básico de disciplinas e, a partir do terceiro ano, começa a estudar os conteúdos do curso que escolheu. Vídeos de complementação ao conteúdo e documentários são transmitidos pela Univesp TV, um canal digital criado em parceria com a Fundação Padre Anchieta, com acesso aberto ao público em geral. O diploma é emitido pela própria Univesp.
  • Processo seletivo: O vestibular é presencial, composto de uma redação e 60 questões de múltipla escolha. O candidato pode escolher compor a sua nota do vestibular com a do Enem. Há bônus diferenciados de nota para candidatos que se declararem pretos, pardos ou indígenas (PPI); para todos aqueles que cursaram integralmente o Ensino Médio em escola pública do grupo PPI ou não pertencente a ele. Não há cotas.
  • Inscrições: O candidato pode escolher, além do curso, até duas opções de polos presenciais, com ordem de preferência. Veja informações sobre os vestibulares na página oficial e informações sobre a universidade no site da instituição.
Veja também