Clique e assine GE Play por R$16,90

Entenda os critérios do Prêmio Melhores Universidades 2017

Saiba quais são as melhores universidades do Brasil identificadas a partir dos resultados da Avaliação de Cursos Superiores do GUIA DO ESTUDANTE 2017

Por Simone Toledo, Lisandra Matias - Atualizado em 16 out 2017, 15h20 - Publicado em 11 out 2017, 15h30

Professores mestres e doutores, projeto pedagógico atualizado e afinado com a realidade da profissão, inovação nas metodologias de ensino e instalações físicas que atendem às demandas do curso. Estes são alguns dos aspectos que caracterizam uma boa graduação e estão na base da Avaliação do GUIA DO ESTUDANTE, pioneira no ramo, que completa 27 edições em 2017.

Desde 2006, a partir dos resultados da avaliação, são identificadas as melhores instituições de Ensino superior (IES) do Brasil – públicas e privadas – e aquelas que mais se destacam em oito áreas do conhecimento.

Além de constituir uma importante ferramenta para a escolha do curso e da escola onde você vai estudar, o objetivo é valorizar e reconhecer a excelência no ensino e fomentar a busca por melhorias nas demais instituições. Confira, a seguir, as etapas dessa premiação e a lista das melhores universidades – públicas e privadas – do país.

Seleção das instituições participantes

Categoria Universidade do ano:

• Participam da premiação as IES que tiveram pelo menos cinco cursos avaliados. Em 2017, foram 693 instituições.
• Esse critério foi estabelecido para não ter distorções em relação às instituições menores (que, por oferecerem poucos cursos, teriam mais chance de ter todos eles estrelados).

Continua após a publicidade

Categoria Melhores por Área de Conhecimento:

• Foram consideradas as IES que tiveram pelo menos três cursos avaliados. No caso de a escola ter campus em mais de um município, foi considerado apenas um, aquele que teve o melhor desempenho (desclassificando-se os demais).

Qualidade x quantidade

É importante salientar que a premiação busca equalizar a qualidade dos cursos da instituição (que podem ser 5 estrelas, 4 estrelas ou 3 estrelas) com a quantidade oferecida. Pois, na visão do GE, identificar as melhores não consiste apenas em somar a quantidade de cursos estrelados (ainda que cada estrela tenha um peso diferente), mas sim considerar quanto isso (a qualidade) representa em relação à quantidade de cursos oferecida e avaliada.

Aplicação da fórmula

Assim, foi estabelecida uma fórmula que permite pontuar as instituições, de modo a identificar as melhores. Os componentes desta fórmula foram revistos para 2016, para dar ainda maior importância à premissa da qualidade x quantidade:

Redação/Guia do Estudante

Total de pontos pelas estrelas: Soma de todos os cursos estrelados que a instituição obteve, considerando os seguintes pesos:
Curso 5 estrelas = 12 pontos
Curso 4 estrelas = 6 pontos
Curso 3 estrelas = 3 pontos

A utilização de pesos evidencia a importância da qualidade. Um curso 4 estrelas vale o dobro de um 3 estrelas. E um cinco estrelas, o dobro de um 4 estrelas.

Redação/Guia do Estudante
Continua após a publicidade
Publicidade