Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

“Prova bem elaborada”: confira comentários sobre a primeira fase do ITA

Equipe do Poliedro analisou aos conteúdos cobrados na prova, divididos por matéria

Por Juliana Morales Atualizado em 23 nov 2020, 18h46 - Publicado em 23 nov 2020, 18h45

No último domingo (22), estudantes realizaram a primeira fase do vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Segundo os professores do Curso Poliedro, a prova com 70 questões objetivas de Português, Inglês, Matemática, Física e Química foi muito positiva e bem elaborada no geral.

Novidade que chamou atenção foi a mudança no caderno da prova deste ano: a comissão preparou um novo layout e fez uma melhoria na qualidade da folha de prova e várias folhas para rascunho.

Confira a análise da equipe do Poliedro em relação aos conteúdos cobrados na prova!

+ Vestibular ITA: 5 dicas para um bom desempenho na prova

Avaliação da prova por disciplina

Física

Em relação às questões de Física, especificamente, o professor Robson dos Santos Júnior, do Poliedro, afirma que para o aluno que se preparou ao longo do ano para o vestibular, foi uma prova relativamente mais tranquila que de anos anteriores. Um terço da prova abordou um assunto que já clássico do ITA: o eletromagnetismo. Robson aponta que a primeira questão da disciplina chamou atenção, pois foi cobrado o assunto de análise dimensional de um forma diferenciada.

“Chamamos atenção para alguns assuntos que não apareceram, e que os vestibulandos devem esperar na segunda fase: estática, calorimetria, espelhos, física moderna e relatividade”, aponta o professor de Física.

Matemática 

Já a prova de Matemática foi um pouco mais difícil que as provas anteriores, segundo o professor João Guilheme Giudice. Mas, ele afirma que foi uma avaliação muito bem distribuída nos assuntos. “Funções, logaritmos, análise combinatória, probabilidade, geometria plana, analítica e espacial, todos os assuntos foram muito bem cobrados”, afirma o especialista.

Química

A avaliação de Química também recebeu muito elogios. Para o professor Guilherme Bastos, foi uma das provas mais bem elaboradas dos últimos 20 anos do vestibular do ITA. “Nos chamou atenção as questões de somatória, de grau de dificuldade elevado, em que os alunos precisavam acertar todas as afirmativas para marcar a soma das corretas”, diz o professor de Química.

Continua após a publicidade

Ele alerta os candidatos sobre alguns assuntos não foram abordados nesta primeira fase e devem aparecer na segunda, são eles: equilíbrio químico e iônico, radioatividade, reações orgânicas e inorgânicas e propriedades coligativas.

Português

A prova de Português do ITA teve foco na avaliação de leitura das obras literárias obrigatórias. De acordo com a professora Rosana Sol, “o que chamou atenção foi que todas as questões foram nesse estilo, deixando de fora questões de interpretação de texto, gramática, teorias literárias e análise de poemas, que são assuntos que constam no edital”.

Inglês

Sobre a prova de Inglês, o professor Francisco Oliveira, comentou que, como um todo, foi nível médio, mas demandou mais tempo que o usual para os alunos resolverem. “Os textos eram curtos, e as questões estavam bem distribuídas nos três textos”, observou. Além disso, o professor ressaltou que haviam três questões de vocabulário, o que não é comum o ITA cobrar nesse estilo com tanta incidência.

Segunda fase

A relação de notas e classificação dos candidatos habilitados para a 2ª fase serão divulgados no site do ITA, até às 16h do dia 27 de novembro.

A segunda fase do vestibular acontecerá nos dias 8 e 9 de dezembro. Nessa etapa, serão aplicadas provas dissertativas de Matemática, Física e Química, com 10 (dez) questões de cada matéria, e uma Redação de 20 a 28 linhas.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

 

Continua após a publicidade
Publicidade