Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

“Só de não ter redação fico mais aliviado”, diz vestibulando da UFRJ

Segundo dia de provas do vestibular 2011 é domingo; GUIA acompanha estudantes antes e depois do exame

Por por Daniela Kopsch, no Rio Atualizado em 16 Maio 2017, 13h34 - Publicado em 19 nov 2010, 16h15

Quem já fez a primeira prova do vestibular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na segunda (15), parece bem animado para a segunda etapa, neste domingo (21). "Eu estava esperando um bicho de sete cabeças, mas foi bem mais tranquilo do que eu pensei", conta Vanessa Pires, 17 anos, que está tentando uma vaga para Gastronomia, o curso mais concorrido deste ano. As oito vagas são disputadas por 927 inscritos, com uma média de 115,88 candidatos por vaga.

– De cada 3 candidatos, 1 faltou no primeiro dia
– Os melhores cursos da UFRJ
– Primeiro dia foi tranquilo, avaliam estudantes

Assim como Vanessa, Eduardo Pontes, 17 anos, acha que o pior já passou. "Dizem que a segunda prova é mais fácil, só o fato de não ter redação já me deixa mais aliviado". É a primeira vez que Eduardo está prestando vestibular. Ele está terminando o Ensino Médio na escola pública e não gosta quando dizem que se deve encarar essa prova como um teste. Para Eduardo, o vestibular é para valer. Ele está confiante de que leva uma das 360 vagas para Engenharia. "Acho que fiquei um pouco nervoso na primeira prova, mas agora eu já tenho uma ideia do que me espera, isso vai ajudar".

Karine Evangelista Cunha, 17 anos, diz que se preparou o ano inteiro para a prova. Ela aproveitou os recursos da internet para dar uma força nos estudos. "Assisti vídeoaulas, fiz exercícios e simulados e passei horas jogando o Bixo Evolução, do Guia do Estudante” (uhu!). Como se inscreveu em Engenharia Ambiental, nesta segunda fase vai fazer as matérias específicas de matemática, física e química. Em provas discursivas, matérias exatas costumam assustar, mas Karine já tem a dica: "vou me concentrar no conceito principal da pergunta. Se eu acertar, ganho pontos parciais".

Luiza Machado, 19 anos, saiu de São Carlos, no interior de São Paulo, para tentar entrar no curso de Psicologia. Hospedada na casa de amigos, ela aproveita a semana entre as duas provas para ir à praia. "Trouxe livros e imprimi as provas dos anos anteriores para estudar". Na prova de domingo, Luiza vai responder questões de história e geografia.

Ela acha que o vestibular da UFRJ é bem diferente dos que já fez em São Paulo. Se ela está com medo? Que nada. "Para essa prova, basta eu ter um bom conhecimento geral. Percebi na primeira fase que, se eu prestar bastante atenção nos enunciados, eu só preciso interpretar e contextualizar a questão, sem precisar decorar nada".

Vamos acompanhar Vanessa, Eduardo, Karine e Luiza no domingo, depois da prova, para saber como eles se saíram. O resultado final do vestibular será divulgado até o dia 21 de dezembro.

LEIA TAMBÉM
notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade

Publicidade