Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Unicamp: 1ª fase tem abstenção de 13,8% e candidato barrado por covid-19

Um aluno foi impedido de fazer a prova por suspeita de coronavírus

Por Wender Starlles 7 jan 2021, 20h02

Nesta quinta-feira (7), mais de 38 mil candidatos aos cursos da área de Ciências Biológicas/Saúde fizeram a prova da primeira fase da Unicamp 2021. O segundo dia da avaliação, divida em duas etapas por conta da pandemia de covid-19, registrou abstenção de 12,45%. Na média dos dois de prova, o índice chegou a 13,80%, maior taxa desde 2003.

Um aluno foi impedido de fazer a avaliação por apresentar sintomas relacionados ao coronavírus. O caso ocorreu em Belo Horizonte, na Escola Estadual Pandiá Calógeras. De acordo com José Alves, diretor da Comvest, o candidato apresentou temperatura de 37,4º na entrada do local. Em seguida, foi encaminhado para um sala reservada dentro da escola e passou por um teleatendimento com uma equipe médica. “Ele concordou com a situação e disse que a atitude foi muito sensata”, afirma Alves.

Apenas os locais de prova em Belo Horizonte e Curitiba aferiram a temperatura dos candidatos – a medida foi tomada para seguir os protocolos de segurança das autoridades de cada cidade.

Sobre a avaliação, a comissão responsável afirmou que houve uma preocupação de trazer questões de fontes variadas. “No dia dois, por exemplo, tinha uma questão que trazia comentários da internet sobre uma matéria e o candidato teria que analisar qual estaria correto. Isso é trazer a voz do cidadão comum para dentro da avaliação”, afirma Márcia Rodrigues, professora e coordenadora acadêmica da Comvest. Além disso, a professora destaca mais uma vez o papel da ciência na formulação da prova. “Podemos observar a preocupação da Unicamp, como recado indireto que ele dá à sociedade, sobre a valorização do trabalho cientifico”.

Para Daniel Perry, diretor do Anglo, o vestibular da Unicamp 2021 manteve a lógica de edições anteriores de valorizar candidatos críticos, que reconheçam a importância da ciência. “A prova manteve o mesmo estilo e dificuldade em comparação ao primeiro dia. O exame exigiu leitura atenta dos enunciados. Foram abordados temas sociais e atualidades. Podemos destacar alguns: epidemia, eleição americana, feminismo negro e ditaduras”, afirma.

Continua após a publicidade

Você fez a prova a Unicamp 2021? Então confira o gabarito extraoficial do segundo dia da primeira fase.

Datas importantes

29 de janeiro: divulgação da lista de aprovados na 1ª fase, locais de provas da 2ª fase e notas de corte

7 e 8 de fevereiro: provas de Habilidades Específicas, exceto para os cursos de Música

11 e 12 de fevereiro: provas de divulgação da lista de convocados da 1ª chamada

  • Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

    Continua após a publicidade
    Publicidade