Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Prefeitura de São Paulo libera aulas presenciais em fevereiro

A rede municipal pode retornar na segunda quinzena, mas a particular pode antecipar a volta

Por Giulia Gianolla 14 jan 2021, 13h38

A cidade de São Paulo pode ter aulas presenciais a partir do dia 1° de fevereiro de 2021. A Prefeitura autorizou o retorno das aulas em escolas de toda a rede de ensino, desde que operem com 35% da capacidade. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa da gestão municipal, nesta quinta-feira (14).

Oficialmente, a rede municipal volta à rotina presencial no dia 15 de fevereiro, com equipes das Unidades Básicas de Saúde (UBS) fazendo o acompanhamento das crianças, educadores e pais. Já na rede particular, “cada escola vai definir a partir do dia 1º como será o seu retorno: se quer fazer igual a rede municipal, ter um planejamento e então retomar, ou se quer já começar imediatamente”, como explica o secretário municipal de Educação, Fernando Padula.

Segundo a secretária-adjunta de Educação, Minéia Fratelli, os primeiros 15 dias serão usados para o acolhimento dos docentes e para a preparação das escolas. Nesse período, a presença dos alunos não é obrigatória.

As aulas presenciais da rede municipal foram suspensas em 16 de março do ano passado por conta da pandemia do coronavírus. Em 3 de novembro, o prefeito Bruno Covas (PSDB) autorizou a volta apenas para os alunos do Ensino Médio e de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

  • Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

    Continua após a publicidade
    Publicidade