Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Enem 2020: um passo a passo completo para o primeiro dia

Se você ainda não definiu uma estratégia temos algumas dicas que podem te ajudar na hora da prova

Por Julia Di Spagna Atualizado em 13 jan 2021, 19h11 - Publicado em 13 jan 2021, 18h48

Para conseguir um bom desempenho na prova do Enem, não basta dominar fórmulas, contextos históricos e regras gramaticais. Por mais que você tenha estudado é preciso ir além e desenvolver uma boa estratégia para se organizar e otimizar seu tempo durante a resolução das questões.

E será que existe uma estratégia ideal para uma prova no estilo do Enem? Sim: a que você se sente mais seguro e treinou o ano inteiro. Mas caso ainda não tenha definido a sua, não se preocupe! Existem algumas dicas e informações importantes que ajudam a construir um bom passo a passo, evitando imprevistos e dando mais segurança na hora da prova.

Mas lembre-se: não existe uma regra. Se preciso, faça adaptações que se encaixem melhor no seu perfil

DICAS GERAIS

Pule as questões em que sentir dificuldade 

Caso enfrente dificuldade na compreensão da questão ou achar que a resolução será demorada, passe para a próxima e retorne depois. Andréa Lago, orientadora educacional do Curso Poliedro, explica que a nota final atribuída ao participante se baseia na Teoria de Resposta ao Item (TRI). Por isso, os candidatos que acertam as questões mais difíceis aleatoriamente, com provável “chute”, têm uma nota menor, por se identificar uma falta de coerência. 

++ Entenda como é realizado o cálculo da nota do Enem.

Intercale as matérias

Em provas, como Fuvest e Unicamp, uma recomendação frequente entre os especialistas é intercalar questões de exatas com questões de humanas. No Enem, essa estratégia não é muito eficaz porque as provas são divididas por áreas do conhecimento. Ou seja, no primeiro dia, você enfrentará, além da redação, questões de Linguagens e Ciências Humanas – só textos e nada de cálculos. 

Mesmo assim, intercalar um pouco as perguntas de História, Português, Geografia, Sociologia, Filosofia e Inglês/Espanhol já ajudará a manter uma certa dinâmica e melhorar a sua concentração.

De olho no relógio

Controle o tempo para conseguir concluir com a calma todas as etapas, da leitura inicial e realização de questões mais fáceis, passando pela redação até a conferência final do cartão de respostas.

“Você não vai poder usar relógio, portanto, o treinamento realizado no ano vai contribuir muito nesse momento, pois logo que você perceber que está ‘enrolando’, siga adiante sem culpa”, diz Lago.

  • PASSO A PASSO

    Leia a proposta de redação

    Ao receber a prova, o ideal é que você confira qual é o tema da redação. Leia os textos da coletânea com calma, analise o recorte exigido pela banca e já comece a rascunhar algumas ideias que surgirem, referências e associações que deseja usar. 

    Depois, parta para as questões objetivas. Assim, você conseguirá se distanciar um pouco do seu projeto de texto e poderá se inspirar durante a leitura e resolução das questões. 

    Quer aprimorar ainda mais as etapas da produção do texto? Confira aqui o passo a passo para uma redação perfeita no Enem

    Primeira leitura

    Resolva questões de uma matéria intermediária

    Nem a preferida, nem a mais temida. Nesse primeiro momento, ir para a matéria que tem mais afinidade pode ser uma cilada. Imagine que você adore História, mas justamente neste ano as questões da disciplina estão com um grau de dificuldade elevadíssimo. Isso poderá te desmotivar logo no início, prejudicando o desempenho na prova como um todo.

    Começar por algo que não gosta e que vai te desgastar logo de cara também não é o ideal. Então parta para uma matéria intermediária, que será resolvida com uma certa facilidade, mas que um desafio ou outro não te abalará.

    Continua após a publicidade

    Disciplina de maior afinidade

    Então depois de fazer a matéria intermediária vá para as que você gosta mais. Assim, é possível aumentar a sua motivação para enfrentar uma longa prova e já garantir mais pontos. 

    Não se esqueça: a estratégia de pular as mais difíceis e trabalhosas continua valendo por aqui.

    Disciplina de menor afinidade

    Esse momento ia chegar. Encarar uma matéria que você considera mais complexa – ou “chata” – é necessário para conseguir uma boa pontuação no exame. Mas calma! Mesmo esse tipo de disciplina costuma ter algumas questões mais tranquilas para você resolver. Foque nelas.

  • Segunda leitura

    As médias 

    Depois de uma primeira etapa resolvendo as questões mais fáceis da prova, é hora de se dedicar às de nível médio. Em uma segunda leitura, seguindo a ordem de disciplinas anterior (intermediária e maior afinidade para menor afinidade), resolva as questões que você sabe, mas que são mais trabalhosas e exigem um empenho maior.

    Terceira leitura

    As mais difíceis

    Passou por todas as disciplinas? Hora de tentar responder as mais difíceis. Mesmo que você saiba todas as questões – que já é um desafio e tanto – o tempo é curto. Por isso, não se culpe por precisar chutar algumas questões. Existem até técnicas para um bom chute.

    Dica importante: calcule mais ou menos cerca de 30 questões para cada etapa (fáceis, médias e difíceis).

    Hora do gabarito

    Preencher o gabarito exige concentração, mas, ao mesmo tempo, fará você recuperar a energia para um dos momentos mais importantes da prova: a finalização da redação. Entenda aqui qual a melhor forma de preenchê-lo.

    Finalize a redação

    “A redação costuma ter um peso significativo e contribuir positivamente para a aprovação, principalmente dentre os cursos mais concorridos”, explica Lago. 

    Por isso, ela merece a sua atenção durante toda a prova. Quando tiver uma ideia, volta para complementar o seu projeto de texto e rascunhar mais um pouco. No final, deixe, no mínimo, 1h30 para fazer escrever o texto, ajustar as ideias anteriores e passar a limpo.

    Esse ponto da prova é muito pessoal e depende da facilidade de cada um para escrever o texto. Alguns preferem fazer aos poucos, outros concentram a elaboração na parte final. Defina qual será a sua estratégia de acordo com seu perfil e foque nela.

    Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

    Continua após a publicidade
    Publicidade