Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Enem Digital: 96 mil fazem prova piloto neste domingo

Candidatos devem levar documento original com foto e caneta esferográfica preta de tubo transparente para escrever a redação

Por Wender Starlles Atualizado em 9 mar 2021, 16h23 - Publicado em 30 jan 2021, 20h08

O primeiro dia de provas da versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começa neste domingo (31), em 104 cidades do Brasil. Mais de 96 mil candidatos se inscreveram para realizar a avaliação nesse formato piloto. Porém, por conta da crise sanitária provocada pela pandemia de covid-19, não haverá aplicação para estudantes do Amazonas.

Os participantes farão as provas em laboratórios de informática de escolas e universidades selecionadas previamente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os portões abrem às 11h30 e fecham às 13h, no horário de Brasília. Portanto, é importante ficar atento para não chegar atrasado. O exame começa a ser aplicado às 13h30 e termina às 19h.

Neste primeiro dia, os estudantes respondem no computador a 45 questões de Ciências Humanas e 45 de Linguagens. Além de elaborar uma redação que, ao contrário do restante da prova, será manuscrita. Segundo o presidente do Inep, Alexandre Lopes, isso acontecerá para garantir a comparabilidade entre todos os candidatos do Enem. Por isso, é importante levar caneta esferográfica preta de tudo transparente. O participante não pode esquecer também do documento original com foto, que é um item obrigatório.

A meta do Ministério da Educação (MEC) é transformar o Enem em 100% digital até 2026. Existem diversas vantagens em aplicar a prova nesse formato, “assim como observamos no Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) e outros exames internacionais, é possível fazer melhor as questões, cobrando mais habilidades e competências em um único item”, disse Lopes em entrevista ao GUIA.

Para garantir a segurança do Enem Digital, os computadores estarão bloqueados para o acesso à internet e outros programas internos. O Inep divulgou um vídeo explicativo de como vai funcionar o sistema da prova. Ele permite fazer anotações na tela com o mouse e marcar questões para voltar nelas depois, por exemplo. As perguntas que já foram respondidas ficam azul, assim o candidato consegue identificá-las facilmente.

Continua após a publicidade

Medidas de biossegurança

De acordo com o Inep, os candidatos estão proibidos de entrar nas salas ou permanecer na aplicação da prova caso estejam sem máscara de proteção contra a covid-19. Ela pode ser retirada apenas para ingerir líquidos ou se alimentar.

Candidatos que apresentarem diagnóstico de covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa devem solicitar na “Página do Participante” a reaplicação das provas, que acontecerá em formato impresso, em 23 e 24 de fevereiro.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

Continua após a publicidade

Publicidade