Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Saiba o que pode causar eliminação no Enem

Atenção, a pandemia fez com que o Inep estabelecesse novas regras!

Por da redação Atualizado em 16 jan 2021, 13h35 - Publicado em 5 nov 2017, 07h00

A maioria dos candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, já sabe que não pode fazer qualquer consulta ou receber e repassar informações sobre o conteúdo das provas durante o exame. Essa é uma das ações que pode levar à eliminação do candidato, mas outras atitudes também podem provocar a exclusão do participante.

A eliminação pode ocorrer, por exemplo, se o candidato começar a prova antes das 13h30 ou sair da sala sem acompanhamento de um fiscal depois das 13h. Também não é permitido deixar o local da prova em definitivo antes de completar duas horas depois do início das provas.

Desde o Enem 2019, também vale uma nova regra de que os celulares, mesmo que lacrados, devem estar desligados durante a prova. Caso o celular toque em qualquer momento, o candidato pode ser eliminado.

Mas o grande diferencial desta edição, é claro, são os protocolos de segurança por causa da pandemia. Os candidatos que não utilizarem a máscara corretamente durante a aplicação da prova serão eliminados. O uso correto pressupõe que a máscara esteja cobrindo o nariz e a boca o tempo todo.

Para comer, o candidato pode tirar a máscara, colocar o alimento na boca, e voltar a usar a máscara para mastigar.

Para não correr nenhum risco, veja item a item como não ser eliminado do Enem 2020!

Como evitar a eliminação no Enem

  • Não comece as provas antes das 13h30
  • Atenda às orientações da equipe de aplicação durante o exame
  • Não vá embora antes de duas horas do início das provas
  • Após 13h, não saia da sala de prova sem o acompanhamento de um fiscal
  • Aguarde em sua sala entre as 13h e as 13h30 e siga as instruções do aplicador
  • Não receba qualquer informação referente ao conteúdo das provas de qualquer pessoa
  • Não utilize lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos ou anotações durante o exame
  • Não utilize ou porte qualquer dispositivo eletrônico durante a prova
  • Não utilize óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares durante a prova
  • Aguarde o aplicador fazer a coleta de seu dado biométrico durante a realização das provas
  • Se terminar a prova antes dos 30 minutos finais, entregue seu Caderno de Questões ao aplicador
  • Não faça anotações em qualquer documento que não seja o Cartão-Resposta, o Caderno de Questões, a Folha de Redação e a Folha de Rascunho
  • Entregue ao aplicador, quando terminar as provas, o Cartão-Resposta, a Folha de Redação, a Ficha para Coleta de Dado Biométrico e a Folha de Rascunho
  • Não se recuse, sem justificativa, a passar pela revista eletrônica e pela coleta de dado biométrico, assim como a ter seus objetos revistados eletronicamente
  • Desligue o celular antes de guardá-lo na embalagem e certifique-se que nenhum alarme ou despertador está programado
  • Utilize a máscara durante toda a aplicação da prova e siga os protocolos de biossegurança passados pelos aplicadores.

O uso de dispositivos eletrônicos, como máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipod, gravadores, pen drive, mp3 ou similar, relógio, ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens também estão proibidos e resultam na exclusão do participante.

Em 2019, 747 pessoas foram eliminadas nos dois dias de prova, muitas delas em decorrência de celulares que tocaram durante a prova.

Neste ano, assim como nos anteriores, será usada a prova personalizada, com os Cadernos de Questões identificados com nome e número de inscrição do participante.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade