logo-ge

8 filmes para quem quer seguir a carreira de Relações Públicas

As obras mostram algumas características da profissão e sua importância em diversos setores da sociedade

Você sabe o que faz um profissional de Relações Públicas (RP)? Responsável por cuidar, construir, preservar e impulsionar a imagem de empresas e instituições, ele cria diversas estratégias voltadas tanto para o público externo (clientes e fornecedores) quanto para o interno (funcionários).

A partir de projetos de comunicação, esse profissional busca transmitir os valores, os ideais, os objetivos e as ações das organizações. 

Se você sonha em seguir a profissão ou quer conhecê-la um pouco melhor, confira a lista que elaboramos com 8 filmes que mostram, na prática, alguns segmentos em que o Relações Públicas pode atuar.

Vale ressaltar que, em alguns casos, as ações dos personagens não são as ideais, mas a ideia é apresentar a importância e o impacto que esse profissional pode ter. Veja:

Obrigado Por Fumar

 (Divulgação/Divulgação)

Em Obrigado por Fumar, Nick Naylor é um porta-voz da indústria do tabaco que fica encarregado de construir uma imagem positiva tanto da venda quanto do consumo de cigarros. Influenciando a maneira como o produto é retratado em Hollywood, associado a figuras admiradas do cinema, ele também comenta sobre os supostos benefícios do cigarro em programas de televisão e minimiza seus riscos à saúde.  

Retratado na década de 1990, o filme mostra como esse profissional elabora estratégias e constrói um discurso capaz de influenciar a opinião pública sobre um produto altamente nocivo.

“Michael Jordan joga a bola. Charles Manson mata pessoas. Eu falo. Todo mundo tem um talento.”

O Discurso do Rei

 (Divulgação/Divulgação)

No filme, o destaque vai para o impacto de uma boa comunicação quando se trata de líderes e figuras relevantes na sociedade. 

O rei Jorge VI precisava fazer um discurso de extrema importância no rádio logo no início da Segunda Guerra Mundial. Com essa grande responsabilidade, ele precisa superar a gagueira e se comunicar de uma forma eficaz com a população. Para isso, contrata um profissional que desempenha certas funções parecidas com as de um Relações Públicas, pois auxilia o membro da realeza sobre como se portar e se comunicar da melhor maneira possível.

Veja também

Hancock

 (Reprodução/Reprodução)

Apesar de proteger a cidade e capturar criminosos, o super-herói Hancock é criticado pela maneira como tenta salvar o dia, com um temperamento difícil e atitudes impulsivas. Até que ele conhece um Relações Públicas que se propõe a ajudá-lo.

O profissional passa a orientá-lo sobre como se comunicar, como tratar outras pessoas e como agir em diversas situações. Com o tempo, Hancock muda certos comportamentos e ganha a admiração da sociedade. 

Mera Coincidência

Em Mera Coincidência, um escândalo sexual envolvendo o presidente dos Estados Unidos é divulgado nas vésperas da eleição. Isso prejudica fortemente sua campanha e sua imagem perante a opinião pública. 

Para reconquistar votos e desviar a atenção do caso, o assessor do presidente e um cineasta criam uma falsa guerra na Albânia. Imagens forjadas são veiculadas e todo um cenário é criado ao redor dessa mentira. 

Jerry Maguire: a grande virada

Responsável pela carreira de diversos atletas, o agente esportivo Jerry Maguire perde todos os clientes, com exceção de um jogador de futebol. O filme mostra diversas habilidades do profissional de relações públicas enquanto Maguire precisa lidar com grandes crises e se reposicionar no mercado.

A Embriaguez do Sucesso

Jornalismo e Relações Públicas são áreas extremamente conectadas dentro da área da comunicação. E essa dinâmica é explorada no filme A Embriaguez do Sucesso. Um colunista de Nova York e um assessor de imprensa se unem em prol de uma missão que terá fortes consequências na vida de outras pessoas. 

Em 1993, a obra foi considerada “culturalmente, historicamente e esteticamente significativa” e foi selecionada para fazer parte do Registro Nacional de Cinema dos Estados Unidos.

O Candidato

 (Divulgação/Divulgação)

Em O Candidato fica claro o impacto que o profissional de Relações Públicas pode ter na construção da imagem de uma figura política. 

Na disputa pelo senado, um candidato do Partido Democrata, Bill McKay, não possuía um forte projeto de governo. Mas com o apoio de uma equipe de comunicação, formada por assessores de imprensa e publicitários, consegue se destacar nas eleições.

Segredos do Poder

Um governador do sul dos Estados Unidos decide se candidatar à presidência. Para isso, recebe a consultoria de profissionais que atuam como Relações Públicas, que buscam preservar a imagem do político e abafar escândalos de sua vida pessoal.

No filme, a partir de uma abordagem bem didática, é possível notar como esses profissionais se esforçam para saber a verdade sobre o candidato, lidam com situações complexas e se relacionam com a imprensa.