Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Podcast Marca Texto destrincha ‘Nove Noites’, de Bernardo Carvalho 

O jornalista Felipe Sali e o professor de literatura Fernando Marcílio, do curso Anglo, falam sobre os detalhes do livro cobrado na Fuvest

Por Redação Atualizado em 3 ago 2021, 12h22 - Publicado em 13 jul 2021, 20h00

Precisa de uma mão para estudar as obras cobradas nos vestibulares? O podcast Marca Texto é uma parceria do GUIA DO ESTUDANTE com o Curso Anglo e explica de forma simples os livros tratados na Fuvest, Unicamp e principais vestibulares do Brasil.

Neste terceiro episódio, o jornalista Felipe Sali recebe o professor do Anglo Fernando Marcílio para comentar detalhes do livro ‘Nove Noites‘, de Bernardo Carvalho.

Sobre Nove Noites

Em 1939, aos 27 anos, o antropólogo americano Buell Quain se suicidou após uma estada na aldeia dos índios krahô, situada no Tocantins.  Sem motivos aparentes, Quain retalhou-se e enforcou-se na frente de dois índios que fugiram apavorados no meio da floresta.

A história de Quain é real e o escritor Bernardo Carvalho soube do fato por meio de um artigo publicado no Jornal de Resenhas, da Folha de S. Paulo, escrito pela antropóloga Mariza Corrêa. Em busca de mais dados sobre a morte do antropólogo, o autor resolveu relembrar essa história adicionando fatos autobiográficos, no romance Nove Noites. O livro integra a lista de leituras exigidas para o vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest).

++ Fuvest e Unicamp 2021: veja a lista de obras obrigatórias do vestibular

Sobre Bernardo Carvalho

Bernardo Teixeira de Carvalho nasceu no Rio de Janeiro, em 1960. Romancista, contista, jornalista e tradutor. Segundo a definição da Enciclopédia online do Itaú Social, “Bernardo Carvalho destaca-se no panorama da literatura brasileira pelo caráter contemporâneo de seus romances, dotados de narrativa fragmentada, discurso polifônico e personagens deslocados, em buscas inexoravelmente destinadas ao fracasso”.

Publicou o volume de contos Aberração (1993) e os romances Onze (1995), Os bêbados e os sonâmbulos (1996), Teatro (1998), As iniciais (1999), Medo de Sade (2000), Mongólia (2003), Nove Noites (2006), O sol se põe em São Paulo (2007), O filho da mãe (2009), Reprodução (2013) e Simpatia pelo demônio (2016) e o recém-lançado O Último Gozo do Mundo (2021), todos lançados pela Companhia das Letras.

Compre Nove Noites aqui

CRONOGRAMA 2ª TEMPORADA MARCA TEXTO

Estreia 29/06 – Cecília Meireles – Romanceiro da Inconfidência

06/07 – Guimarães Rosa – Campo Geral

13/07 – Bernardo Carvalho  – Nove Noites

20/07 – Racionais Mc’s  – Sobrevivendo no Inferno

Continua após a publicidade

27/07 – Luís de Camões – Sonetos escolhidos

03/08 –  Fernando Pessoa – O Marinheiro

10/08 – Júlia Lopes de Almeida  – A Falência

17/08 – Raul Pompeia – O Ateneu

Na primeira temporada, o Marca Texto trabalhou os livros cobrados na Fuvest 2020. Cada obra tem um episódio específico, dividido em blocos de resumo, interpretação, contexto histórico e análise de personagem.

CONFIRA E OUÇA OS EPISÓDIOS DA PRIMEIRA TEMPORADA:

Aluísio Azevedo – O Cortiço

João Guimarães Rosa – Sagarana

Eça de Queirós – A Relíquia

Gregório de Matos – Poemas Escolhidos

Helena Morley – Minha Vida de Menina

Pepetela – Mayombe

Graciliano Ramos – Angústia

Carlos Drummond de Andrade – Claro Enigma

Machado de Assis – Quincas Borba

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade