Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Talibã: linha do tempo com os principais fatos do grupo extremista

Da resistência à invasão soviética, passando pela tentativa de assassinato da ativista paquistanesa Malala Yousafzai até a volta ao poder em 2021

Por Wender Starlles Atualizado em 25 ago 2021, 19h06 - Publicado em 25 ago 2021, 18h15

Insurgentes do grupo extremista Talibã voltaram a controlar a capital do Afeganistão, Cabul, e quase todas as cidades do país 20 anos depois de terem sido expulsos por uma coalização militar de nações lideradas pelos Estados Unidos. O grupo extremista é uma ameaça aos direitos humanos na região, principalmente para mulheres.

Confira os principais momentos da história do Talibã, que vão te auxiliar a entender as origens e causas do conflito: da resistência à invasão soviética, passando pela tentativa de assassinato da ativista paquistanesa Malala Yousafzai até a volta ao poder em 2021.

+O que é o Talibã e como o grupo tomou o poder no Afeganistão

 

1979-1989 – GUERRA AFEGÃ-SOVIÉTICA

Soviéticos invadem e ocupam o Afeganistão. Grupo de rebeldes afegãos apoiados pelos EUA lutam contra as tropas da União Soviética.

++ SUPERINTERESSANTE – Uma linha do tempo dos conflitos no Afeganistão

 

1994 – TALIBÃ

Em 1989, o Talibã – ou ”estudante” na língua local, pachto – surge como parte de grupos armados que lutaram contra a ocupação soviética.

Continua após a publicidade

1996 – EMIRADO ISLÂMICO DO AFEGANISTÃO

Em setembro, a capital afegã, Cabul, é controlada pelo Talibã pela primeira vez. O grupo fundamentalista muda o nome do país para Emirado Islâmico do Afeganistão.

1996-2001 – SEM DIREITOS HUMANOS

O Talibã impõe leis de interpretações islâmicas no país. Na época, homens deveriam deixar a barba crescer e mulheres eram obrigadas a se cobrir da cabeça aos pés. Elas não podiam sair de casa sozinhas sem uma figura masculina, não podiam trabalhar ou frequentar escolas.

2001 – 11 DE SETEMBRO

Depois dos ataques terroristas da AL-Qaeda às torres gêmeas, os EUA invadem o Afeganistão no intuito de impedir que o Talibã forneça refúgio ao grupo.

++ 11 de setembro: entenda o ataque terrorista e suas consequências

 

2001 – VITÓRIA DOS EUA?

Em dezembro, o Talibã é derrotado por uma coalizão de países liderada pelos EUA. Porém, o grupo manteve sua influência na fronteira com o Paquistão.

2012 – MALALA YOUSAFZAI

No Paquistão, talibãs atiram em um ônibus escolar com alunas dentro. Entre as vítimas estava Malala Yousafzai, que foi baleada na cabeça por defender o direito à educação para meninas. A jovem sobreviveu e ganhou o Nobel da Paz em 2014.

2021 – RETORNO DO TALIBÃ

Com a saída definitiva das tropas estadunidenses do Afeganistão, o Talibã volta a controlar Cabul após 20 anos. O presidente afegão Ashraf Ghani deixa o país.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade