logo-ge

Há algum curso de Exatas que também permita viagens pelo mundo?

Orientador profissional esclarece

Gosto de exatas, mais precisamente de Química, e quero fazer alguma coisa nesse ramo. Mas também já fiz intercâmbio e gosto da experiência de viajar pelo mundo e conhecer novos lugares. Tem algum curso que me una essas duas coisas que tanto gosto?

(enviado por Amanda)

*por Maíra Habimorad

Planejamento de viagem

Amanda,

Nem todo químico ou engenheiro químico passa a vida numa fábrica ou laboratório. O curso que escolhe determina no máximo sua profissão, mas não a sua carreira ou forma de atuação.

O que fará com seu diploma, ou seja, o tipo de carreira que escolherá, dependerá inteiramente de seu interesse. Existem algumas opções que te dão a chance de juntar suas áreas de interesse. A primeira é a carreira acadêmica – você pode escolher fazer graduação, mestrado e doutorado em países diferentes como pesquisadora e dar aulas também fora do Brasil. Uma segunda opção é trabalhar em uma empresa ou organização que faça parte deste setor (química, petroquímica, alimentos, etc) e que ofereça possibilidades de carreira internacional – seja na área técnica em áreas de pesquisa e desenvolvimento de produtos, por exemplo, ou até mesmo eventualmente em cargos de gestão de projetos, gestão de um departamento ou na área de consultoria.

Veja também

Se fosse você, eu investiria meu tempo em aprofundar este interesse. Se ele for por números e exatas mais do que por Química, especificamente, vale a pena explorar outras opções dentro das ciências exatas, como Engenharia. Todas as engenharias são normalmente mais amplas do que as ciências puras como Matemática, Física ou Química e, assim, te dão mais opções de explorar outros caminhos alem do técnico.

Para que a experiência e vivência internacionais sejam parte da sua carreira, o importante é escolher instituições, seja de ensino, pesquisa ou trabalho (empresas) que tenham vínculo ou operações internacionais e, claro, investir no conhecimento de idiomas, o inglês afiado em primeiro lugar, e depois outro(s) que sejam mais pertinentes à área – pode ser alemão ou espanhol, por exemplo.

*Maíra Habimorad é presidente da Cia de Talentos. Estudou Relações Internacionais e Economia na FAAP e é coach certificada pela Associação Brasileira de Coaching. Tem mais de 15 anos de experiência em recrutamento, seleção e gestão de programas de desenvolvimento de trainees, estagiários e gestores.

O Guia do Estudante acaba de começar uma parceria com a Cia de Talentos, que, por meio da plataforma de carreira Biruta, oferece orientação vocacional a jovens. A presidente da companhia, Maíra Habimorad, passará a responder as dúvidas dos leitores do GE toda semana.