logo-ge

Devo fazer uma segunda graduação ou uma pós?

Orientador profissional responde

Sou recém formado em Química Tecnológica e Industrial e não pretendo parar por aqui, pois gosto muito de química. Então gostaria de saber: vale mais a pena apostar em uma pós-graduação ou cursar Engenharia Química antes disso?

Leonardo

Para melhor avaliar a alternativa mais adequada você deve refletir quais são seus objetivos. Seu interesse por química está claro, mas não seu objetivo posterior.

Se você já estiver inserido no mercado de trabalho na sua área de formação, converse com seus colegas e chefes sobre essas possibilidades e veja o que eles sugerem. Caso ainda não esteja trabalhando, seria interessante buscar um emprego na área para conhecer os trabalhos envolvidos nesse campo.

A opção pela graduação em engenharia química pode ser pensada como a mudança de escala quanto aos processos de trabalhos. O engenheiro trabalha em geral com a visão mais abrangente dos processos produtivos, dimensionando os fatores envolvidos no aumento da produtividade do empreendimento industrial, tais como tempo, recursos materiais e financeiros, qualidade e necessidade de qualificação da mão de obra, desenvolvimento e/ou viabilidade de introdução de novas tecnologias, entre outros.

Rumar para pós-graduação (especializações) indicaria o mergulho e aprofundamento em determinados tópicos de maior interesse ou mais urgentes diante das oportunidades profissionais quanto a transformação, controle e avaliação dos procedimentos técnico-operacionais ligados à produção em química.

Há ainda a alternativa da pós-graduação “stricto sensu” (mestrado e doutorado), dirigida às pessoas que se interessam pela pesquisa acadêmica e pela carreira de professor universitário.

Procure mais informações junto a organizações profissionais e visite empresas e instalações que contam com os dois profissionais para melhor alicerçar sua escolha.