Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Unesp 2018: notas máximas e mínimas dos aprovados em 1ª chamada

Medicina em Botucatu foi o curso que teve a maior nota máxima e mínima entre os 173 oferecidos no Vestibular 2018

Por Da redação Atualizado em 14 fev 2018, 14h52 - Publicado em 14 fev 2018, 13h10
Campus da Unesp, em Botucatu Unesp/Divulgação

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) divulgou uma lista com as notas máximas e mínimas dos classificados em primeira chamada de cada curso ofertado no Vestibular 2018.

Veja a lista com as notas

Entre os 173 cursos, Medicina (Botucatu) foi o que teve a maior nota máxima e mínima. A pontuação do primeiro classificado foi de 96,750, enquanto do último foi 90,030, de uma escala de até 100 pontos. Em seguida, a nota mais alta está em Engenharia Civil (Bauru) e Arquitetura e Urbanismo (Presidente Prudente), com 93,614 e 92,639, respectivamente.

Já os últimos classificados com as menores pontuações são dos cursos: Matemática (Ilha Solteira), com 21,207; Geografia (Ourinhos), 25,387; e Arquivologia (Marília), com 25,381.

Resultado

Na última quarta-feira (7), a Unesp liberou a lista de convocados em primeira chamadaNeste processo seletivo são oferecidas 7.365 vagas. O exame foi aplicado em duas fases e registrou 107.753 inscritos.

A segunda e a terceira chamada serão divulgadas, respectivamente, nos dias 15 e 20 de fevereiro (quinta e terça). Todas as chamadas para matrícula só incluirão nomes de candidatos que tenham confirmado interesse por vaga no site.

As cidades para as quais há oferta de carreiras neste vestibular são Araçatuba (170 vagas), Araraquara (855), Assis (405), Bauru (1.045), Botucatu (600), Dracena (80), Franca (410), Guaratinguetá (310), Ilha Solteira (310), Itapeva (80), Jaboticabal (280), Marília (475), Ourinhos (90), Presidente Prudente (640), Registro (40), Rio Claro (490), Rosana (80), São João da Boa Vista (40), São José do Rio Preto (460), São José dos Campos (120), São Paulo (185), São Vicente (80) e Tupã (120).

A Unesp destina mínimo de 50% das suas vagas por curso ao Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública. Este índice era de 45% no último exame, quando a porcentagem de ingressantes oriundos de escolas públicas foi de 52,6%.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade