logo-ge

Unicamp: Prova de história foi destaque no segundo dia da 2ª fase

Estudantes responderam a 18 questões de história, geografia e matemática; segunda fase termina amanhã (17)

Contract

Nesta segunda-feira (16), cerca de 13 mil estudantes realizaram o segundo dia de provas da segunda fase do vestibular 2017 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Para os professores ouvidos pelo GUIA DO ESTUDANTE, o destaque do dia foi para as questões de história, mais difíceis e inovativas do que as de geografia e matemática.

Os estudantes responderam a 18 questões das três disciplinas. “A prova de história foi bastante atual, trazendo temas como a situação dos refugiados”, explica o professor Antunes Rafael, coordenador pedagógico do cursinho Oficina do Estudante. “Apresentou alguns questionamentos, como em uma questão que trouxe um viés diferente sobre a colonização.”

Os professores também destacaram a questão que abordou uma das obras da lista obrigatória, Terra sonâmbula, fazendo uma relação com literatura. Para Paulo Moraes, diretor de ensino do Anglo Vestibulares, a questão sobre o México foi uma das mais complexas: “Pediam que o aluno explicasse o contexto político do México em 1968, o que é bastante específico”, diz.

Já as provas de geografia e matemática foram mais simples, apresentando uma abordagem tradicional dos assuntos. “Isso não significa que tenham sido provas fáceis. O estudante tinha que saber bem o conteúdo para responder às questões, apesar da pouca contextualização”, explica Paulo Moraes. Em geografia, foram pedidas questões tradicionais sobre cartografia, estágios do carvão, urbanização. As perguntas eram diretas e exigiam uma resposta mais curta e simplificada, direto ao ponto.

Em matemática, temas bastante clássicos foram cobrados, como funções, matrizes, polinômios e sistemas lineares. “Algo curioso foi a ausência de questões de análise combinatória, que poderiam aproximar a prova de uma contextualização. Mas, mesmo assim, as questões não estavam muito difíceis”, comenta Antunes Rafael.

Para ambos, a prova de amanhã pode manter o nível de perguntas mais diretas e simples, que foi observado também na prova de ontem (15). Os candidatos responderão às questões de física, química e biologia. “A recomendação é ler com bastante atenção o enunciado e tentar ser o mais assertivo possível, não protelando a resolução. Assim, o aluno garante mais tempo para as outras questões e diminui o risco de cometer erros que possam tirar pontos da resposta”, completa o professor Antunes.

A primeira chamada será divulgada no dia 13 de fevereiro. Veja o calendário completo:

Próximas datas Unicamp
Provas de habilidades específicas 23 a 26/1
Divulgação da primeira chamada 13/2
Matrícula da primeira chamada 14 e 15/2
Divulgação da segunda chamada 17/2
Matrícula da segunda chamada 21/2