Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

A possibilidade de uma CPI do MEC e outras atualidades da semana

O GUIA DO ESTUDANTE selecionou as 5 notícias mais relevantes do Brasil e do mundo nesta semana

Por Taís Ilhéu 1 jul 2022, 09h03

Uma das principais dicas para se dar bem no vestibular é ficar atento ao noticiário. As famosas atualidades aparecem como pano de fundo em questões da prova e podem também ser úteis na hora de redigir a redação. Acompanhá-las é importante tanto para os estudos quanto para o próprio exercício de cidadania.

Pensando nisso, o GUIA DO ESTUDANTE lança, todas as sextas-feiras, um resumo dos principais acontecimentos da semana. Confira abaixo!

1. Senadores protocolam pedido de abertura de uma CPI do MEC

O caso do “gabinete paralelo” e do “balcão de negócios” do MEC teve novos desdobramentos nesta semana. Na terça-feira (28), senadores que fazem oposição ao governo conseguiram reunir 30 assinaturas e protocolaram o pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, ou simplesmente CPI, para investigar as suspeitas de corrupção no ministério durante a gestão do ex-ministro Milton Ribeiro. Os senadores também falam em tráfico de influência, já que a suspeita é de que alguns pastores eram privilegiados no repasse de verbas da pasta.

O presidente Jair Bolsonaro também seria implicado nas investigações, já que em áudio vazado Milton Ribeiro dizia que privilegiar esses pastores era um “pedido especial” do presidente.

Neste texto, o GUIA DO ESTUDANTE explica como funciona uma Comissão Parlamentar de Inquérito e quais são os próximos passos depois que um pedido de abertura é protocolado.

2. Otan convida formalmente Suécia e Finlândia para entrarem na aliança

Na quarta-feira (29), a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) deu um passo importante e fez um convite formal para que a Suécia e a Finlândia aderissem à aliança militar. O movimento é assistido com receio porque, caso os dois países de fato ingressem na organização, a Otan vai estar mais próxima do que nunca do território russo. Neste momento, países-membro da Otan e a Rússia estão em lados opostos na Guerra da Ucrânia.

Na mesma ocasião em que fez o convite à Suécia e à Finlândia, inclusive, a Otan aproveitou para reafirmar seu compromisso em apoiar a Ucrânia “pelo tempo que durar o conflito”.

Para entender melhor qual é o papel da Otan, desde sua criação durante a Guerra Fria até hoje, acesse este texto.

Continua após a publicidade

3. Maioria dos brasileiros apoia educação sexual e debates sobre gênero nas escolas

Uma pesquisa realizada pelo DataFolha e divulgada nesta semana revelou que, apesar do debate polarizado, a maioria dos brasileiros apoia a educação sexual e os debates sobre igualdade de gênero nas escolas. Foram ouvidas mais de duas mil pessoas de todo o país, que disseram apoiar a discussão de temas como a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e da gravidez indesejada. Cerca de 96% dos entrevistados disseram que a escola também deveria ensinar sobre leis que punem a violência doméstica. A pesquisa foi encomendada pelas organizações do terceiro setor Cenpec e Ação Educativa.

O dado é divulgado no mesmo momento em que casos de estupro ganharam os noticiários. Praticamente 9 em cada 10 entrevistados pela pesquisa concordam que a educação sexual ajuda a combater a violência sexual contra crianças e adolescentes.

Neste texto, o GUIA DO ESTUDANTE traz mais resultados da pesquisa.

4. Fuvest muda classificação no vestibular para aumentar percentual de alunos negros e de escolas públicas

A Fuvest, responsável pelo vestibular da Universidade de São Paulo, anunciou nesta semana uma mudança na classificação dos candidatos. A partir de agora, mesmo os que têm direito às cotas – sejam elas para escola pública ou para pretos, pardos e indígenas –, serão classificado primeiro na lista de ampla concorrência. Só depois, as vagas reservadas para as cotas serão preenchidas com aqueles que não foram previamente aprovados. Com isso, a USP pretende corrigir distorções e aumentar o percentual de estudantes negros e oriundos de escolas públicas.

Neste texto, explicamos melhor como vai funcionar a mudança e quais outras novidades a Fuvest está planejando para o vestibular de 2023.

5. Último dia de inscrições para a segunda edição de 2022 do Sisu

O prazo para participar da segunda edição de 2022 do Sisu está acabando! Estudantes que querem concorrer a uma vaga em universidades públicas têm só até esta sexta-feira (1) para acessarem o site do Sisu e se inscreverem no programa. São mais de 65 mil vagas distribuídas em instituições de todo o país. O resultado com a chamada única será divulgado já no dia 6 de julho, próxima quarta-feira.

Neste texto aqui, você confere as próximas datas do Sisu para não perder nenhuma etapa importante.

 Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

 

Continua após a publicidade

Publicidade