Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Enem 2021: como lidar com a incerteza do calendário e estudar para o exame

Confira dicas de para montar seu cronograma de estudos

Por Juliana Morales Atualizado em 27 Maio 2021, 19h12 - Publicado em 28 Maio 2021, 00h01

Atrasos no calendário e falta de orçamento estão aumentando as incertezas sobre as datas do Enem 2021. Até o momento, o Inep não publicou o edital com o cronograma oficial. O MEC ainda cogita a realização do exame em outubro ou novembro deste ano. Por outro lado, especialistas apontam a insuficiência de tempo para preparação da prova, que deve ser adiada para o começo de 2022.

Como se não bastasse o nervosismo natural de ano de vestibular, ainda mais durante uma pandemia, a falta de informação e a imprecisão nas datas aumentam a ansiedade dos estudantes. O GUIA, então, conversou com os diretores Daniel Perry, do Curso Anglo, e Cláudio Falcão, do Sistema de Ensino pH, sobre a melhor forma de lidar com a situação e não deixar que ela afete os estudos.

Separamos dois conselhos cruciais diante do cenário atual. Guardem com carinho no coração de vocês, estudantes.

1. Não tente controlar a situação

Sim, sabemos que é muito difícil não ser contaminado com as preocupações em relação ao calendário do Enem. Então, é normal se sentir ansioso, preocupado e até nervoso com a situação. Mas é preciso se abster um pouco dessas incertezas, de acordo com Falcão.

Tanto ele como Perry falam sobre a importância do vestibulando entender que existem coisas que não estão no controle deles, como é o caso da definição das datas de realização do Enem. Fazer essa distinção pode ajudar a parar de gastar energia com aquilo que não podem interferir.

Continua após a publicidade

Além de continuar focado nos estudos, não esqueça de separar um tempo para fazer coisas que te relaxem. Assista um filme do gênero que mais gosta, leia um livro bacana, faça meditação e exercícios físicos. Tudo isso também vai ajudar a aliviar o estresse.

2. Previna-se e mantenha o cronograma

Outra preocupação dessa mudança de datas é em relação ao cronograma. Os dois profissionais entrevistados pelo GUIA indicam que os estudantes mantenham o cronograma de estudos com o foco nas datas tradicionais de realização da prova (1º e 2º domingo de novembro).

Caso ocorra o adiamento da prova, o estudante pode usar isso a seu favor. Ele terá a oportunidade de estudar mais tempo, aprimorando seu conhecimento, preenchendo lacunas e revisando conteúdo.

Mais dicas

Além dos conselhos acima, os diretores deram dicas para os estudos durante todo esse ano – independentemente da data do exame. Confira!

  • Estabeleça uma rotina de estudos, considerando tempo de aula, realização de tarefas, descanso e lazer;
  • Ao montar o seu plano de estudos, dê mais importância a conteúdos e habilidades que tenham maior incidência nas provas;
  • Realize simulados com frequência, a cada 15 dias, por exemplo;
  • Resolva provas antigas do Enem e estude os temas que errou ou sentiu maior dificuldade;
  • Pratique bastante redação. A recomendação é a realização de 2 por semana;
  • Nunca deixe a sua saúde mental de lado. E caso seja necessário, não deixe de pedir ajuda e procurar suporte especializado!

Dúvidas, desabafos e apostas sobre o Enem 2021? Manda para a gente nas nossas redes sociais: @guiadoestudante

Continua após a publicidade

Publicidade