Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Enem: candidatos não conseguem acessar local de prova

Inscritos relatam que local da prova ainda não aparece no Cartão de Inscrição

Por Giulia Gianolla, Luccas Diaz Atualizado em 8 mar 2021, 19h37 - Publicado em 12 jan 2021, 14h46

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começa neste domingo (17), mas alguns candidatos ainda não foram informados sobre o local de prova. O Cartão de Inscrição foi oficialmente liberado para os inscritos na terça-feira (05), mas alguns estudantes relatam serem direcionados a uma página dizendo que a liberação ainda será feita nos próximos dias. Nas redes sociais, as reclamações se acumulam e cobram do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alguma resposta.

++ Enem: autoridades sanitárias devem decidir sobre segurança ou adiamento

“A mensagem que aparece é uma faixa vermelha falando para aguardar a confirmação do local de prova e efetuar nova consulta nos próximos dias. Já enviei a solicitação pelo site, já liguei várias vezes” disse ao GUIA a estudante Giovana Barros, 27, que presta para Medicina. “Ontem fiquei mais de uma hora no telefone e, quando fui atendida, a ligação caiu! Hoje fiquei 40 minutos e nada.”

Falha na divulgação do local de prova
Estudantes como a Ana Luiza contam que são direcionados a essa página ao clicar no seu local de prova do Enem. Ana Luiza de Souza Batista/Reprodução

A principal reclamação é a falha na comunicação entre os estudantes, o MEC e o Inep. Ana Luiza de Souza Batista, 18, conta que entrou em contato por e-mail oito vezes e a resposta é sempre a mesma: aguarde.

“Me sinto desesperada. O estudante passa um ano estudando para o Enem e acontece uma coisa dessa. E ninguém te dá uma informação. Não se sabe se vai ser domingo agora ou na reaplicação daqui um mês”.

Falha na divulgação do local de prova 2
Também ao solicitar uma resposta do MEC, Saulo Arantes da Silva recebeu uma mensagem pedindo para aguardar. Saulo Arantes da Silva/Reprodução

“Me sinto totalmente desamparada”

Entre os comentários nas redes e nos grupos de WhatsApp criados para unir os candidatos com o mesmo problema, o sentimento de preocupação, nervosismo e desamparo parece unânime. Faltando apenas cinco dias para a prova, o GUIA conversou com alguns candidatos que passam pela situação.

++

“Eu tentei contato via chat do MEC duas vezes, a primeira a pessoa que me atendeu só me mandou um link para acessar e fazer a reclamação, nem esperou eu ler a mensagem e já finalizou o chat. Na segunda vez eu expliquei para outra pessoa que não conseguia acessar o site que a primeira me mandou. Ela foi super atenciosa, me mandou um e-mail para que eu pudesse entrar direto no site da reclamação e falou que o Inep já estava sabendo, que estavam tentando corrigir, mas que era importante fazer a reclamação para que pudessem ter noção da dimensão”, conta Pietra Mady Guimarães, 19, que vai prestar vestibular para Medicina.

A candidata Helena Borges Xavier, 19, de Goiânia (G)), relata a sua indignação em vídeo:

 

Continua após a publicidade

A estudante Lorrane Fonseca Moreira, 18, desabafa: “Me sinto totalmente desamparada e aflita, visto que nenhum meio oficial da Educação entrou em contato conosco ou ao menos se preocupou em nos dar alguma satisfação sobre o ocorrido”.

Saulo Arantes da Silva, 29, vai prestar o exame pela sexta vez e conta que até tentou mudar do celular para o computador, pensando ser um problema técnico. “Fiz várias tentativas. Tentei pelo celular, pelo notebook, por um navegador diferente. Falei pelo chat do MEC, mandei solicitação pelo site também… Nada”.

  • A jovem Letícia Carvalho Veloso Viana, 18, mostra que, ao tentar entrar em contato com o MEC pelo chat disponível no site, não consegue falar com um atendente.

     

    Continua após a publicidade

    Outro candidato que também se sente preocupado com a situação é o jovem Miguel Paula da Cruz Neto, 20, que vai tentar uma vaga em Medicina.

     

    Continua após a publicidade

    “Tentei entrar em contato por e-mail, por telefone e até agora nada! Fico de mãos atadas, super apreensiva se ainda conseguirei realizar a prova”, explica Marcela Angelo de Souza, 19, que sonha com a vaga no curso de Medicina Veterinária.

    Além do problema com o local de prova, nas redes sociais candidatos pedem o adiamento do exame. “É uma situação de exposição, haja vista que diversos alunos não saíram um único dia de casa, e de ganância por parte dos órgãos vigentes que mesmo, com a morte de um dos dirigente do Inep por covid-19, insistem nesse discurso. Mas já que querem realizar a prova nessas condições, que ao menos seja feita com organização (o que não é o caso)”, conta Maria Eduarda Barbosa Terssariol, 18, que quer cursar Relações Internacionais.

    A redação do GUIA entrou em contato com o Inep pedindo um esclarecimento sobre o problema, mas ainda não recebeu uma resposta. Assim que houver retorno, essa reportagem será atualizada.

    Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

    Continua após a publicidade
    Publicidade