Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Enem: candidatos não conseguem acessar local de prova

Inscritos relatam que local da prova ainda não aparece no Cartão de Inscrição

Por Luccas Diaz, Giulia Gianolla Atualizado em 12 jan 2021, 19h03 - Publicado em 12 jan 2021, 14h46

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começa neste domingo (17), mas alguns candidatos ainda não foram informados sobre o local de prova. O Cartão de Inscrição foi oficialmente liberado para os inscritos na terça-feira (05), mas alguns estudantes relatam serem direcionados a uma página dizendo que a liberação ainda será feita nos próximos dias. Nas redes sociais, as reclamações se acumulam e cobram do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alguma resposta.

++ Enem: autoridades sanitárias devem decidir sobre segurança ou adiamento

“A mensagem que aparece é uma faixa vermelha falando para aguardar a confirmação do local de prova e efetuar nova consulta nos próximos dias. Já enviei a solicitação pelo site, já liguei várias vezes” disse ao GUIA a estudante Giovana Barros, 27, que presta para Medicina. “Ontem fiquei mais de uma hora no telefone e, quando fui atendida, a ligação caiu! Hoje fiquei 40 minutos e nada.”

Falha na divulgação do local de prova
Estudantes como a Ana Luiza contam que são direcionados a essa página ao clicar no seu local de prova do Enem. Ana Luiza de Souza Batista/Reprodução

A principal reclamação é a falha na comunicação entre os estudantes, o MEC e o Inep. Ana Luiza de Souza Batista, 18, conta que entrou em contato por e-mail oito vezes e a resposta é sempre a mesma: aguarde.

“Me sinto desesperada. O estudante passa um ano estudando para o Enem e acontece uma coisa dessa. E ninguém te dá uma informação. Não se sabe se vai ser domingo agora ou na reaplicação daqui um mês”.

Falha na divulgação do local de prova 2
Também ao solicitar uma resposta do MEC, Saulo Arantes da Silva recebeu uma mensagem pedindo para aguardar. Saulo Arantes da Silva/Reprodução

“Me sinto totalmente desamparada”

Entre os comentários nas redes e nos grupos de WhatsApp criados para unir os candidatos com o mesmo problema, o sentimento de preocupação, nervosismo e desamparo parece unânime. Faltando apenas cinco dias para a prova, o GUIA conversou com alguns candidatos que passam pela situação.

++

“Eu tentei contato via chat do MEC duas vezes, a primeira a pessoa que me atendeu só me mandou um link para acessar e fazer a reclamação, nem esperou eu ler a mensagem e já finalizou o chat. Na segunda vez eu expliquei para outra pessoa que não conseguia acessar o site que a primeira me mandou. Ela foi super atenciosa, me mandou um e-mail para que eu pudesse entrar direto no site da reclamação e falou que o Inep já estava sabendo, que estavam tentando corrigir, mas que era importante fazer a reclamação para que pudessem ter noção da dimensão”, conta Pietra Mady Guimarães, 19, que vai prestar vestibular para Medicina.

A candidata Helena Borges Xavier, 19, de Goiânia (G)), relata a sua indignação em vídeo:

 

Continua após a publicidade

A estudante Lorrane Fonseca Moreira, 18, desabafa: “Me sinto totalmente desamparada e aflita, visto que nenhum meio oficial da Educação entrou em contato conosco ou ao menos se preocupou em nos dar alguma satisfação sobre o ocorrido”.

Saulo Arantes da Silva, 29, vai prestar o exame pela sexta vez e conta que até tentou mudar do celular para o computador, pensando ser um problema técnico. “Fiz várias tentativas. Tentei pelo celular, pelo notebook, por um navegador diferente. Falei pelo chat do MEC, mandei solicitação pelo site também… Nada”.

  • A jovem Letícia Carvalho Veloso Viana, 18, mostra que, ao tentar entrar em contato com o MEC pelo chat disponível no site, não consegue falar com um atendente.

     

    Continua após a publicidade

    Outro candidato que também se sente preocupado com a situação é o jovem Miguel Paula da Cruz Neto, 20, que vai tentar uma vaga em Medicina.

     

    Continua após a publicidade

    “Tentei entrar em contato por e-mail, por telefone e até agora nada! Fico de mãos atadas, super apreensiva se ainda conseguirei realizar a prova”, explica Marcela Angelo de Souza, 19, que sonha com a vaga no curso de Medicina Veterinária.

    Além do problema com o local de prova, nas redes sociais candidatos pedem o adiamento do exame. “É uma situação de exposição, haja vista que diversos alunos não saíram um único dia de casa, e de ganância por parte dos órgãos vigentes que mesmo, com a morte de um dos dirigente do Inep por covid-19, insistem nesse discurso. Mas já que querem realizar a prova nessas condições, que ao menos seja feita com organização (o que não é o caso)”, conta Maria Eduarda Barbosa Terssariol, 18, que quer cursar Relações Internacionais.

    A redação do GUIA entrou em contato com o Inep pedindo um esclarecimento sobre o problema, mas ainda não recebeu uma resposta. Assim que houver retorno, essa reportagem será atualizada.

    Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

    Continua após a publicidade
    Publicidade