Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Enem: faltando um mês, o que ainda dá tempo de fazer?

Um bom planejamento e foco podem te ajudar a não perder o ritmo nessa reta final

Por Julia Di Spagna Atualizado em 15 dez 2020, 11h59 - Publicado em 17 dez 2020, 06h00

Neste ano, a espera foi mais longa. Quem estava se preparando para o Enem enfrentou um ano de incertezas em relação às provas, de mudanças na forma de assistir às aulas e precisou se adaptar. Depois de meses de muita dedicação chegou o momento: falta um mês para o Enem. 

Mas será que ainda dá tempo de melhorar ainda mais as suas chances de se dar bem no exame? A resposta é sim! Alfredo Terra Neto, orientador educacional da Oficina do Estudante, deu cinco dicas que podem fazer toda a diferença nessa reta final. Confira: 

Revisão estratégica

Não adianta querer retomar a matéria do ano inteiro em um mês. Seu tempo será ainda mais precioso durante as próximas semanas e é preciso selecionar bem quais são suas prioridades. 

Revise os assuntos de maior incidência e com elevada chance de crescimento, ou seja, temas que você relembra com facilidade e pode aprimorar. Separamos algumas dicas especiais e um passo a passo completo para uma boa revisão aqui.

Estratégia e treino

“É fundamental fazer ao menos uma prova completa do Enem para mapear o tempo de realização e confecção de gabarito e assim traçar a melhor estratégia de realização da prova”, afirma o orientador. 

Lembre-se que é importante já chegar com uma estratégia definida para não perder tempo entre as questões. 

Continua após a publicidade

Uma redação por semana

Neto ressalta que as redações significam ao menos 50% da nota do Enem para a maioria das universidades federais. Por isso, não deixe de treinar para essa parte da prova. Tente encaixar na sua rotina a produção de, no mínimo, uma redação por semana.

  • Principais conceitos

    Sabe aquela fórmula de física que você sempre esquece? Ou aquele conteúdo sobre a Segunda Guerra que você vive confundindo? Nesse último mês antes do exame, é válido montar um caderno com os conceitos mais importantes de acordo com as incidências. 

    Segundo o orientador, esse material pode e deve ser revisado duas a três vezes por semana até o momento da prova. 

    Tudo pronto

    Quanto menos preocupações você tiver no dia da prova, melhor. Então que tal já adiantar alguns detalhes que não precisam ficar para a última hora?

    Já escolha e teste os melhores acessórios para a realização do exame: a caneta preta que você tenha mais adaptação e também o tipo de máscara que você usará durante a realização da prova. “A dificuldade de escrever com uma caneta que você não está acostumado ou o uso de uma máscara que seja muito desconfortável parecem detalhes, mas no meio de todo o nervosismo podem impactar o seu rendimento”, finaliza Neto.

    Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros. 

    Continua após a publicidade
    Publicidade