logo-ge

Como conciliar estudos e estágio?

As duas atividades são importantes, mas é preciso equilíbrio e cautela para não prejudicar sua formação

Muitos estudantes ficam ansiosos para começar o estágio, ingressar no mercado de trabalho e iniciar a carreira profissional. A atividade pode ser extremamente benéfica para o jovem conseguir ter mais responsabilidade, explorar novas áreas, aumentar a rede de contatos e até ter um desempenho melhor na faculdade por estar colocando teoria em prática. Além disso, o estágio também pode ajudar a definir melhor a área de interesse e auxiliá-lo na definição de qual especialidade seguir.

Mas a chance do estudante se empolgar e acabar deixando os estudos de lado tanto por vontade própria quanto por demandas do estágio é grande. Segundo Mayra Temperine, psicóloga do Serviço de Atendimento Psicológico do Curso Anglo, é possível que haja até uma queda de rendimento. 

“Comprometer-se com um estágio é assumir um compromisso de tempo e dedicação que pode interferir na disponibilidade para os estudos, seja por ter horas que não se alinham com as horas livres de aulas, seja por uma indisponibilidade física/psicológica para os estudos, após um dia longo/tenso de trabalho”, diz. 

Como perceber que o estágio está passando dos limites? 

Se notar que está com dificuldade de acompanhar as aulas ou realizar os trabalhos e as provas, pode ser o momento de repensar o estágio. “Vale a pena tentar um diálogo com o gestor, buscando uma redução nas horas ou nas responsabilidades que assumiu, para que possa finalizar os estudos com qualidade. Caso não haja possibilidade de diálogo, e se questões financeiras não estiverem em jogo, pode-se tentar outro estágio que esteja mais alinhado com suas possibilidades no momento, ou até mesmo deixar para estagiar em outro momento, verificando como proceder para encerrar o contrato”, afirma Mayra.

Pode acontecer também de o estudante não se identificar com o que está fazendo e ficar com a sensação de que está na área errada. Nesse caso, é importante perceber o que não está agradando e procurar outras opções para verificar se a questão era com a prática profissional ou com o local em que estava empregado.

Se você estiver encarando alguma dessas situações ou pensa em começar o estágio em breve, separamos algumas dicas para te ajudar: 

Horários

Antes de iniciar um estágio, verifique se as horas são compatíveis com sua disponibilidade e não te impedirão de frequentar as aulas regulares.

Área

Verifique se a oportunidade de estágio está alinhada com as disciplinas que mais te interessam na faculdade. Escolher um estágio que permita que você explore uma área de interesse também possibilita ter maior riqueza nos estudos, já que a prática pode trazer mais profundidade e clareza ao que se está sendo discutido no ambiente acadêmico.

Prioridades e dedicação

Com o início do estágio, você poderá ter menos tempo para estudar ou fazer os trabalhos indicados pelos professores. Por isso, pode ser necessário abdicar de algumas horas do fim de semana para recuperar as atividades atrasadas. O tempo de deslocamento “residência – estágio – instituição de ensino” também pode ser aproveitado para colocar as leituras em dia.

Peça ajuda

Uma rede de apoio, com colegas, professores e amigos, também é fundamental para ter com quem contar caso precise de ajuda como estudante ou como estagiário.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.