Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Fuvest 2021: 130 mil enfrentam 1ª fase e pandemia neste domingo (10)

Por causa da pandemia, os portões abrem mais cedo este ano

Por Taís Ilhéu Atualizado em 10 jan 2021, 13h08 - Publicado em 10 jan 2021, 00h01

Alunos se aglomeram na entrada da Uninove antes da prova da Fuvest
Alexandre de Melo/Reprodução

Neste domingo (10), os 130.525 candidatos que se inscreveram para a Fuvest 2021 fazem a primeira fase do vestibular. Eles concorrem a 8.242 na Universidade de São Paulo (USP). Tirando o Enem, que funciona como porta de entrada para universidades públicas e privadas, o vestibular da Fuvest é o maior do Brasil. Ainda hoje você poderá acompanhar aqui pelo GUIA o gabarito oficial e a correção comentada da prova.

Desde 2018, a USP adota cotas sociais e étnico-raciais no vestibular. Para a seleção deste ano, 2.144 vagas serão reservadas para candidatos vindos de escolas públicas, além das 1.153 para candidatos pretos ou pardos que também estudaram na rede pública.

Vale lembrar que uma porcentagem das vagas da universidade também é destinada ao Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Por meio da nota do Enem, estudantes de todo o Brasil poderão concorrer a 2.905 vagas na universidade paulista.

Local e horário da prova: os portões abrirão mais cedo

Para evitar aglomerações do lado de fora das salas, a Fuvest decidiu que, neste ano, os portões abrirão meia hora mais cedo, às 12h. O recomendado é que os candidatos se dirijam às salas assim que chegarem. Apesar das instruções, houve aglomeração em alguns lugares, como na Uninove, que recebeu 3.500 alunos para a prova.

Assim como a Unicamp, a Fuvest também aumentou o número de locais de aplicação da prova, para garantir que a lotação das salas não ultrapasse 40%. Para isso, foram acrescentados 60 novos polos de aplicação.

Também vale lembrar que na última quarta-feira (6), a Fuvest anunciou que alguns candidatos tiveram o número da sala onde farão o exame alterado. Atenção: os locais permanecem os mesmos, apenas o número da sala mudou para algumas pessoas. Para confirmar em qual sala fará a prova, basta acessar a Área do Candidato no site da fundação.

Alunos esperam ao ar livre antes de entrar nas salas para a Fuvest

A prova da primeira fase

Diferente de outros grandes exames como a Unicamp e a Unesp, que resolveram mudar a prova devido a pandemia, o vestibular da USP não terá grandes mudanças no formato este ano. Na primeira fase, o candidato continua respondendo a 90 questões de múltipla escolha em cinco horas. A partir das 16h, os candidatos já podem deixar a sala de aula.

Continua após a publicidade

As questões são divididas entre as disciplinas do Ensino Médio – português e literatura, história, geografia, matemática, física, química, biologia, inglês – e questões interdisciplinares.

A Fuvest também optou por não reduzir a lista de obras obrigatórias. Então, o candidato pode encontrar questões sobre A Relíquia (Eça de Queirós); Poemas Escolhidos (Gregório de Matos); Mayombe (Pepetela); Angústia (Graciliano Ramos); Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade); Quincas Borba (Machado de Assis); Campo Geral (Guimarães Rosa); Romanceiro da Inconfidência (Cecília Meireles) e Nove Noites (Bernardo Carvalho).

As medidas de segurança

Além da abertura antecipada dos portões e das salas mais vazias, a Fuvest estabeleceu uma série de outras medidas de biossegurança para evitar contaminações. Este ano, nada de ar condicionado ligado nas salas e alimentação, só se for do lado de fora. Os fiscais utilizarão equipamentos de segurança fornecidos pela Fuvest, mas os candidatos já devem chegar ao local com máscara adequada (eles também podem levar uma extra para trocar durante a prova).

Aqui você confere a lista completa de itens necessários para realizar a prova deste ano – que vai um pouco além do documento e caneta esferográfica azul exigidas nos exames anteriores.

Os candidatos que se inscreveram para o vestibular mas estão com diagnóstico confirmado ou suspeito de covid-19 não devem ir fazer a prova.

  • Concorrência

    Assim como no ano passado, o curso de Medicina dominou o pódio das carreiras mais concorridas na Fuvest 2021. Em primeiro lugar, está o curso de Medicina na capital São Paulo, com 154,6 candidatos por vaga (c/v). Em seguida aparece Medicina em Ribeirão Preto, com 129,1 c/v, e Medicina em Bauru, com 78,4 c/v. Psicologia, Relações Internacionais e Audiovisual aparecem em seguida. Confira aqui a concorrência de todos os cursos.

    Resultado e segunda fase

    O gabarito oficial da primeira fase da Fuvest 2021 sai ainda neste domingo, mas a lista de convocados para a segunda fase é divulgada só no dia primeiro de fevereiro. Os aprovados farão as provas da segunda fase nos dias 21 e 22 de fevereiro.

    A única mudança adotada pela Fuvest foi eliminar o teste de habilidade específica para o curso de Artes Visuais e instituir uma prova virtual para o curso de Música.

    A lista dos aprovados em primeira chamada sai no dia 19 de março.

    Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do curso Poliedro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade