Clique e assine GE Play por R$16,90

USP e Ibmec-RJ vencem em Administração, Negócios e Serviços

Instituições são as ganhadoras do Prêmio Melhores Universidades 2017 nesta área de conhecimento

Por Renato Garcia, Renata Costa, Simone Toledo e Lisandra Matias - Atualizado em 17 out 2017, 12h24 - Publicado em 17 out 2017, 11h00

Em sua 27ª edição, a tradicional avaliação de cursos superiores do GUIA DO ESTUDANTE mediu a qualidade de 16,7 mil graduações. A avaliação é uma pesquisa de opinião feita, basicamente, com professores e coordenadores de curso. Eles emitem conceitos que permitem classificar os cursos em bons (três estrelas), muito bons (quatro estrelas) e excelentes (cinco estrelas). Entenda como é feita a avaliação de cursos.

A partir da avaliação, são identificadas as melhores instituições de Ensino superior (IES) do Brasil – públicas e privadas – e aquelas que mais se destacam em oito áreas do conhecimento. Entenda os critérios do Prêmio Melhores Universidades 2017 aqui.

Veja a seguir as melhores da área de Administração, Negócios e Serviços em 2017:

Melhor universidade pública: USP

Alunos da área de Administração, Negócios e Serviços da USP contam com infraestrutura de qualidade e cursos interdisciplinares

A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP Marcos Santos/USP

Localizada na Cidade Universitária, em São Paulo, a Faculdade de Economia, Administração e Negócios (FEA) da Universidade de São Paulo (USP) conta com quase três mil alunos na graduação, além de uma população flutuante todos os anos.

Cerca de 100 estudantes vieram para intercâmbio nos cursos de graduação em 2017 e, no caminho inverso, um número equivalente de alunos foi enviado para cursar disciplinas em universidades no exterior.

Para o diretor Adalberto Américo Fischmann, apesar de expressivo, esse número ainda não é suficiente. “Queremos estender a opção de duplo diploma a todos os cursos da FEA, pois somente Administração oferece tal vantagem atualmente”, explica.

Ele ainda salienta a importância de a faculdade disponibilizar 30 disciplinas totalmente em inglês:  “A cada semestre, aumentamos a oferta dessas matérias para aprimorar o idioma dos futuros intercambistas”.

Todo o material didático das aulas é fornecido por instituições de ponta, como a Universidade de Illinois, considerada a número um em Contabilidade nos Estados Unidos.

Outra vantagem de se estudar na FEA é que os currículos dos cursos de Administração, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas são voltados para a integração entre as quatro áreas, com matérias interdisciplinares.

Os estudantes contam ainda com um corpo docente formado inteiramente por professores doutores, além de laboratórios de informática, de finanças e uma biblioteca recentemente reformada e que contém um dos maiores acervos de economia e negócios do Brasil.

Fora isso, todas as salas de aula são equipadas com softwares financeiros e estatísticos, trazendo tecnologia de ponta para o dia a dia dos alunos.

Cursos de referência

Perto da FEA, na Escola de Comunicação e Artes (ECA), funciona o curso de Turismo, outra graduação bem conceituada na Avaliação do Guia do Estudante. Um dos mais antigos cursos de Turismo do país, com 45 anos de existência, ele se destaca por ter foco na prática, aliando ensino com pesquisa e extensão. Os alunos, por exemplo, realizam a elaboração de Planos Diretores de Turismo em cidades do Vale do Paraíba.

Já na USP Leste, encontram-se os bacharelados em Marketing e Gestão de Políticas Públicas, referências em suas respectivas áreas. A grade curricular do curso de Marketing se diferencia por combinar aspectos humanos, como psicologia, comportamento e comunicação, com um forte embasamento quantitativo, focado em cálculos, pesquisas e estatísticas.

“Esse preparo é um diferencial do curso, pois atende expectativas de organizações modernas que disputam o novo cenário no qual o consumidor, seus desejos e necessidades colocam-se no centro das estratégias”, explica o coordenador do curso, Josmar Andrade.

Seguindo esse mesmo caminho, o curso de Gestão de Políticas Públicas também tem uma vertente interdisciplinar, combinando ciências sociais aplicadas com foco em gestão.

Continua após a publicidade

Apesar de ser relativamente novo, com 12 anos de existência, o bacharelado já tem alta taxa de empregabilidade – cerca de 80% –  e dezenas de projetos de pesquisa em atividade, que incluem desde inovações nos serviços públicos até psicologia política e multiculturalismo.

Melhor universidade privada: Ibmec–RJ

Faculdade Ibmec-RJ proporciona dupla diplomação, oportunidades no exterior e curso de inglês para melhor formação dos estudantes

Unidade Barra da Tijuca do Ibmec-RJ Ibmec-RJ/Divulgação

O Ibmec-RJ nasceu na década de 1990 como um instituto de pesquisa nas áreas de economia e finanças, com cursos de curta duração. Na sequência, lançou seu Master of Business Administration (MBA).

A graduação nasceu só mais tarde, carregando desde sua origem uma forte vinculação com o mercado de trabalho e com a pesquisa. “Os cursos têm essa orientação prática, aplicada, porém de forma fundamentada, com grande força do ponto de vista teórico”, explica o professor Luiz de Magalhães Osório, coordenador do curso de Ciências Econômicas da instituição.

“Nosso curso de Economia, em especial, é muito forte em Finanças Aplicadas, o que, aliado à fundamentação teórico-econômica, prepara nossos alunos para atuarem tanto no mercado financeiro quanto nas empresas”, afirma.

Prática desde cedo

Desde o ingresso na graduação, os alunos têm a opção de integrar as várias empresas júniores da instituição. Para os alunos de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, estão disponíveis o Ibmec Fashion, para quem tem interesse em empreendimentos nesse setor; o Cemec, com projetos para promover o conhecimento a respeito do mercado de capitais brasileiro; e o Ibmec Jr, consultoria empresarial em que os estudantes desenvolvem projetos para pequenas e médias empresas.

Dessa forma, os alunos desenvolvem sua rede de relações profissionais, o famoso networking, e adquirem conhecimento prático do mercado de trabalho em suas áreas de atuação.

Alguns estudantes ainda optam por um diferencial em sua formação, que é obter uma segunda titulação em outro curso oferecido pela instituição.

Para isso, eles continuam os estudos após a primeira graduação por mais alguns semestres. “Com essa oportunidade, nossos alunos saem muito qualificados para resolver problemas de tomada de decisão nas empresas”, diz o coordenador Osório. Segundo ele, a maioria dos graduados saem para trabalhar em bancos, corretoras e grandes empresas.

Formado pelo mundo

O Ibmec-RJ oferece ainda boas oportunidades para os alunos que têm a possibilidade de complementar seus estudos fora do país. A instituição possui convênio com mais de 50 universidades em 20 países, para que os estudantes realizem semestres de seus cursos fora do Brasil.

Outra opção são as jornadas internacionais, em que os alunos passam um curto período nos Estados Unidos, em regiões como o Vale do Silício, ou na China, para conhecer experiências de empreendedorismo e como funcionam os mercados estrangeiros.

Para incentivar a formação dos estudantes, o Ibmec-RJ subsidia um programa de inglês on-line para seus alunos da graduação, que pagam uma taxa reduzida para participar dele.

Orientação de carreira

Os alunos e mesmo ex-alunos do Ibmec-RJ contam com assessoria para orientação de carreira e elaboração de currículo. O programa de Coaching e Carreira também promove workshops, levando empresas e importantes nomes do mercado brasileiro para conversar com os alunos.

A instituição possui ainda um banco de oportunidades que conecta seus alunos com as empresas, tanto para vagas de estágio como efetivas.

Continua após a publicidade
Publicidade