Assine Guia do Estudante ENEM por 15,90/mês
Continua após publicidade

5 eventos históricos que já apareceram nos filmes da Marvel

Os filmes não são um registro histórico fiel, mas servem para aguçar a curiosidade. Que tal aprender mais sobre os Panteras Negras?

Por Ludimila Ferreira
22 fev 2024, 17h03

É verdade que o Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) conta histórias que ultrapassam galáxias e desafiam a ciência. Mas alguns filmes que se passam bem aqui, no planeta Terra, têm inspiração em fatos reais vividos pela sociedade – ainda que não sejam relatos históricos precisos e tenham sido contados do ponto de vista norte-americano. Além disso, filmes como “Capitão América: Guerra Civil” podem explicar de maneira geral o que é uma guerra civil, e “Pantera Negra” abre margem para discutir o papel dos Panteras Negras dos Estados Unidos.

Conheça cinco eventos históricos que já apareceram nos filmes da Marvel e que caem nos vestibulares.

+ WandaVision: entenda a Ciência por trás da série da Disney+

Capitão América e a Segunda Guerra Mundial

cena de capitao america o primeiro vingador
(Marvel Studios/Reprodução)

Os filmes da Marvel, principalmente os da franquia do Capitão América, abordam o envolvimento dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Na ficção, o personagem foi criado para ser uma arma do país para derrotar os nazistas, além de ser uma propaganda de alistamento do exército americano. O filme original do personagem, “Capitão América: O Primeiro Vingador”, mostra como os Estados Unidos se envolveram na guerra a partir de 1942. Steve Rogers era um rapaz com problemas de saúde que desejava, de qualquer forma, participar dos esforços estadunidenses para vencer a Segunda Guerra e foi recrutado para tomar o soro do super soldado. 

Continua após a publicidade

Até o final de 1941, os Estados Unidos não haviam se envolvido diretamente no conflito. Os japoneses provocam a entrada dos americanos na guerra ao bombardear, em 7 de dezembro de 1941, a base naval norte-americana de Pearl Harbor, no Havaí. O que o filme não mostra é que o que encerrou a Segunda Guerra Mundial foi o bombardeio atômico dos Estados Unidos sobre o Japão, em 1945. Com um mês de intervalo, os Estados Unidos lançam uma bomba nuclear sobre Hiroshima e outra sobre Nagazaki, fazendo o Japão se render.

+ Segunda Guerra Mundial: o conflito mais sangrento da História

Pantera Negra e os Panteras Negras

cena do filme pantera negra
(Marvel Studios/Reprodução)

Apesar de terem “nascido” no mesmo ano, 1966, não há comprovação de uma relação real entre o movimento dos Panteras Negras e o “Pantera Negra” da Marvel. Por ordem talvez do acaso, enquanto os negros dos Estados Unidos lutavam por direitos civis e tentavam sobreviver à supremacia branca no país, no filme “Pantera Negra” eles lutam contra a invasão branca em Wakanda. O país é rico em vibranium – poderoso metal fictício –  e por isso torna-se um alvo. Os cidadãos wakandanos discutem como o reino africano pode ajudar os negros que não são de lá depois que um dos membros retorna ao país.

Continua após a publicidade

Embora a relação não seja baseada em fatos reais, o filme “Pantera Negra” pode ser analisado como uma alegoria aos Panteras Negras. As alegorias são imagens que servem de símbolo a interpretações, como representações de uma situação ou de um setor social. Além disso, a narrativa aponta que Wakanda conseguiu se manter atualizada e avançada tecnologicamente porque não foi colonizada por nenhum outro país.  

+ Quem foram os Panteras Negras?

Homem de Ferro e a Guerra do Vietnã

cena do filme homem de ferro onde o personagem tony stark testa bombas

Na história original do “Homem de Ferro”, Tony Stark é sequestrado por um grupo que participava da Guerra do Vietnã. A história de origem do personagem já foi readaptada para a Guerra do Afeganistão, mas a narrativa sempre faz referência ao grande investimento dos Estados Unidos na indústria bélica. Na ficção, o poder bélico é representado pelas Indústrias Stark.

Continua após a publicidade

A Guerra do Vietnã, vale lembrar, aconteceu no contexto da Guerra Fria e começou por que os Estados Unidos alegavam combater as supostas ameaças comunistas no país asiático. Diante da desaprovação profunda dos americanos, o país bateu em retirada em 1975.

+ As guerras que fizeram os gastos militares baterem recorde no mundo

Viúva Negra e a Guerra Fria

cena do filme viuva negra com treinamento de natasha
(Marvel Studios/Reprodução)

No filme “Viúva Negra” é apresentada brevemente a história de origem da heroína de mesmo nome, também conhecida como Natasha Romanoff. Ela é convocada ainda criança para se tornar uma super espiã russa, ou seja, trabalhar para a KGB. A Guerra Fria, época em que os Estados Unidos e a União Soviética disputavam o domínio o mundo, moldou o conceito de espionagem internacional.  

Continua após a publicidade

KGB é a sigla para Komitet Gosudarstveno Bezopasnosti – Comitê de Segurança do Estado, em português. Ele foi o comitê de segurança da União Soviética criado na Guerra Fria que ficou ativo entre 1954 e 1991. A KGB era famosa por ter agentes secretos com identidades falsas em outros países, para espionagem e retaliação. 

No universo da Marvel, existem espiões da KGB, como o pai adotivo de Natasha, e as mulheres são recrutadas para uma força especial de infiltração e eliminação do inimigo.

Vale lembrar, mais uma vez, que Viúva Negra e todas as personagens da Marvel são obra estadunidense – e não é de se estranhar que os americanos representem sempre o lado bom em conflitos mundiais.

Capitão América e a Guerra Civil

cena do filme capitão américa guerra civil luta de steve e tony
(Marvel Studios/Reprodução)

Não, nunca houve uma guerra nos Estados Unidos que opôs o Capitão América e o Homem de Ferro. Neste caso, o filme da Marvel serve mais para ilustrar o que seria uma Guerra Civil: um conflito armado travado dentro de um país, que não envolve inimigos externos. As causas podem ser variadas – políticas, religiosas, étnicas e econômicas são as mais comuns. Países como a China e o próprio Estados Unidos tiveram as suas guerras civis.

A Guerra Civil Americana, conhecida como Guerra de Secessão, foi a luta entre o norte e sul do país, que tinham visões opostas sobre a mão-de-obra escrava. Na França, houve uma guerra civil durante a Revolução Francesa, depois da queda da monarquia.

Já no filme “Capitão América: Guerra Civil” o grupo dos Vingadores se dividiu em dois após o Tratado de Sokovia, que impedia a ação dos heróis fora de terras norte-americanas. O lado liderado por Steve Rogers era contra o tratado enquanto o lado de Tony Stark queria assinar. 

+ 7 filmes para aprender sobre grandes guerras

Busca de Cursos

Continua após a publicidade

Entre no canal do GUIA no WhatsApp e receba conteúdos de estudo, redação e atualidades no seu celular!

Compartilhe essa matéria via:

 Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso GUIA DO ESTUDANTE ENEM e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Publicidade
5 eventos históricos que já apareceram nos filmes da Marvel
Repertório Cultural
5 eventos históricos que já apareceram nos filmes da Marvel
Os filmes não são um registro histórico fiel, mas servem para aguçar a curiosidade. Que tal aprender mais sobre os Panteras Negras?

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se você já é assinante faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

DIGITAL
DIGITAL

Acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo do site

A partir de R$ 9,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.