Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Para além do currículo: 5 formas de conseguir um estágio

Você sabia que nem sempre aquela vaga dos sonhos está anunciada em sites de recrutamento? Neste Dia do Estagiário, conheça novas maneiras de ir à caça

Por Luccas Diaz Atualizado em 18 ago 2021, 11h30 - Publicado em 18 ago 2021, 00h01

Um dos objetivos dos estudantes universitários é conseguir um estágio. No entanto, alguns cursos não colocam a prática como requisito obrigatório para a formação, mas se tornar um estagiário pode ser uma oportunidade de inserção no mercado de trabalho e colocar em prática os conceitos aprendidos em sala de aula. Ninguém disse que conseguir um estágio é fácil, certo? A caça pela vaga pode ir muito além de apenas enviar currículos.

Com o mercado de trabalho cada vez mais dinâmico e processos seletivos ficando mais criteriosos, o GUIA apresenta 5 formas de buscar vagas de estágio não tão convencionais.

++ Entrei na faculdade. Quando devo começar a procurar estágio?

1. Redes sociais

Gif animado do personagem Pateta, da Disney, observando uma janela com um binóculo
Tenor/Reprodução

Procurar vagas de estágio nas redes sociais pode parecer um tanto estranho, mas é mais comum do que se imagina. Além de redes sociais voltadas ao âmbito profissional, como o LinkedIn, no Facebook, há uma variedade imensa de grupos dedicados somente a anúncio de vagas: seja de quem apenas repassa a informação, quanto das próprias empresas que postam os anúncios nos grupos. No Twitter, a tarefa pode ser feita pela ferramenta de ‘procura’, onde o candidato pode pesquisar palavras-chave para encontrar vagas. No Instagram, assim como nas outras redes sociais, é recomendável seguir pessoas que orbitam a área de interesse do candidato. Vai que essa pessoa anuncia uma vaga ou divulga alguma da sua área de interesse?

++ Como conciliar estudos e estágio?

2. Professores da faculdade

Gif animado do personagem Mestre Yoda, de Star Wars, levantando a cabeça enquanto estende sua mão esquerda.
Tenor/Reprodução

Diferente de ser o temido puxa-saco, criar vínculos com professores também pode ser uma maneira de encontrar uma vaga de estágio. O professor já conhece o candidato, sabe suas capacidades e afinidades, e pode indicá-lo para uma vaga em que ele acredita ser do perfil do aluno. Além de saudável, manter vínculos com professores é também uma forma de iniciar contatos preliminares com o mercado de trabalho. Ninguém está dizendo para fazer churrasco na casa do professor aos domingos, mas uma simples conversa sobre os interesses profissionais do candidato já pode significar um primeiro passo.

++ Entrevistas de estágio por videoconferência: 9 dicas para se dar bem

Continua após a publicidade

3. Criação de conteúdo nas redes sociais

Menino branco, loiro, sentando de frente a um computador, faz um movimento de afirmação com a cabeça e em seguida vira para a câmera fazendo um sinal de positivo com a mão esquerda
Tenor/Reprodução

Outra forma de conseguir um estágio que envolve as redes sociais é a criação de conteúdo digital. Muito se fala do mito de manter o perfil do candidato nas redes sociais “limpo” caso um recrutador resolva inspecionar. No entanto, usar as redes sociais para divulgar o próprio trabalho pode atrair pessoas, sim. Criar postagens com conteúdos relacionados à área de atuação ou compartilhar trabalhos feitos na universidade se torna uma maneira de o candidato pôr no mundo o seu talento e chamar a atenção de empresas e recrutadores no meio digital. O conteúdo digital também facilita a identificação dos interesses, a maturidade e também habilidades do estudante.

++ 8 plataformas que podem ajudar você a encontrar estágio

4. Contatos

Mulher branca, jovem, magra, de cabelos castanhos, e top e calça brancos atende um telefone de forma sorridente
Tenor/Reprodução

Os professores aconselham os alunos desde os primeiros semestres na faculdade: façam contatos. A prática também conhecida como networking é uma forma eficaz de ir desenhando a carreira profissional. Quanto mais gente o candidato conhecer (e deixar claro seus interesses e afinidades de trabalho), mais fácil será alguém indicá-lo para uma vaga. A indicação é uma das maneiras mais comuns do preenchimento de vagas no mercado de trabalho. O candidato não deve ter vergonha, deve se apresentar para profissionais da área que ele admira, enviar seu currículo por e-mail, engajar em grupos profissionais nas redes sociais, participar de eventos e de palestras abertas. É como diz o ditado popular: “Quem não é visto, não é lembrado”. Ah, de preferência que seja algo espontâneo, sem forçar a barra e nem fingir interesse só para ser notado.

++ Como se destacar em processos seletivos de estágio e trainee na pandemia

5. Cadastro em plataformas especializadas

Cena do filme 'Harry Potter e a Pedra Filosofal', com o protagonista Harry pulando e comemorando com a chegada de centenas de cartas
Tenor/Reprodução

Há inúmeras plataformas dedicadas para busca de emprego, algumas focadas em vagas de estágio e trainee, como a EstágioTrainee. Nestes sites, o candidato cria um currículo digital e consegue participar, com apenas alguns cliques, de uma série de processos seletivos ao mesmo tempo. Há várias vantagens para o candidato que utiliza tais plataformas, como ser avisado por e-mail sobre processos seletivos abertos. Você pode usar a opção de filtragem (localização, salário, funções) para fazer a busca. Boa parte das grandes empresas costuma anunciar vagas nessas plataformas.

++ Saiba como criar um bom currículo para o estágio

Continua após a publicidade

Publicidade