Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Prazo de inscrição no vestibular 2020 da Unicamp termina nesta sexta (6)

Mesmo os isentos da taxa precisam se inscrever!

Por Taís Ilhéu Atualizado em 6 set 2019, 10h08 - Publicado em 6 set 2019, 06h00

Esta sexta (6) é o último dia de inscrições para quem quer participar do vestibular 2020 da Unicamp, uma das melhores universidades do Brasil. Para se inscrever, basta acessar o site da Comvest, comissão responsável pelo vestibular, e inserir CPF, data de nascimento e uma senha para criar um login. Depois disso, o candidato será direcionado para a ficha de inscrição. Ao final, será gerado um boleto de R$ 170 referente à taxa do vestibular. 

Mesmo os que foram contemplados com a isenção e não pagarão a taxa devem se inscrever no vestibular, usando o código de isento que receberam por e-mail. Neste ano, 6.680 candidatos foram contemplados. 

Provas

A primeira fase do vestibular convencional da Unicamp acontecerá no dia 17/11, mas os candidatos que concorrem para o curso de Música farão as provas específicas antes disso, dos dias 9 a 16/9 e 13 e 14/10.

A segunda fase da Unicamp passou por mudanças nessa edição e será realizada apenas em dois dias, 12 e 13 de janeiro, e não mais em três como nas edições anteriores. Os demais cursos que exigem provas específicas (Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança) aplicarão os testes entre os dias 20 e 24 de janeiro. 

A primeira chamada do vestibular será divulgada no dia 10 de fevereiro. 

Outras formas de ingresso

Além do vestibular convencional, a Unicamp também oferece outras três formas de ingresso: o Vestibular Indígena, o Enem-Unicamp e as Vagas Olímpicas. Para o primeiro, só podem se inscrever aqueles que comprovem etnia indígena, e as inscrições já estão abertas até o dia 30/9. Para essa modalidade, não existe taxa de inscrição. Já o Enem-Unicamp é ofertado àqueles que optam por usar a nota do Enem para entrar na universidade, e terá as inscrições abertas do dia 15/10 a 14/11. 

As Vagas Olímpicas, que passaram a ser oferecidas no ano passado, podem ser disputadas por medalhistas ou estudantes que apresentaram um ótimo rendimento em competições de conhecimento do Ensino Médio, como as olimpíadas de Matemática, Física, Química e Robótica, entre outras. No ano passado, a universidade ofereceu 90 vagas em 22 opções de curso.

Continua após a publicidade

Publicidade